O TÉCNICO português Vítor Pereira, do Corinthians, foi expulso pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique, após o 2º gol do Coritiba, no jogo da noite de ontem (9), no estádio Couto Pereira, em Curitiba. Ele reclamou com gestos e gritos da marcação do pênalti de Fausto Vera em Régis, convertido por Alef Manga.  

O JOGO ESTAVA 1 x 1, gols de Alef Manga, de cabeça, aos 10, e Du Queiroz, aos 30, quando o árbitro foi chamado pelo VAR e marcou o pênalti que não havia assinalado. O zagueiro uruguaio Bruno Mendez também exagerou na reclamação e o Corinthians ficou com 10 a partir dos 38 minutos do 1º tempo.

O ATACANTE gaúcho Yuri Alberto, que tinha feito boa assistência para o gol de empate do volante Du Queiroz, livrou o Corinthians da derrota aos 3 minutos do 2º tempo com o gol do empate final em 2 x 2. Com o 11º empate, o Corinthians é 4º com 65 pontos e perdeu todas as chances de ser vice-campeão. 

O CORITIBA escapou do rebaixamento na rodada anterior ao vencer o Flamengo, mas está terminando o Brasileiro de 2022 com uma de suas piores campanhas, como segundo time que mais perdeu. 15º com 42 pontos, 12 vitórias, 6 empates e 19 derrotas, o Coritiba tem saldo negativo de 20 gols: marcou 38, sofreu 58.

Foto: Meu Timão