Vencer o técnico português Rui Vitória, de seu último tricampeonato em 2016-17-18-19, é o desafio do Benfica no jogo de ida com o Spartak, pela terceira eliminatória da Liga dos Campeões, amanhã (4), na Arena Otkyrtie, em Moscou, um dos doze estádios da Copa do Mundo de 2018. O jogo de volta será dia 10, no estádio da Luz, em Lisboa, e o vencedor disputará a vaga com Ajax, da Holanda, ou Midtjylland, que fazem hoje (3) o jogo de ida na Dinamarca.

SEIS BRASILEIROS – Dos 25 relacionados pelo técnico Jorge Jesus, seis brasileiros: o goleiro Helton Leite, ex-Botafogo; o lateral Gilberto, ex-Fluminense; o zagueiro Lucas Veríssimo, ex-Santos; o meia Everton, ex-Grêmio, e os atacantes Carlos Vinícius, nos planos do Grêmio, e Rodrigo Pinho, recém-contratado, após três temporadas no Marítimo. Rodrigo Pinho foi artilheiro e campeão da Taça Rio 2015 no Madureira, que o vendeu ao Braga em 2016.

ÚNICO BRASILEIRO – O lateral-esquerdo norte-riograndense Ayrton Lucas, de 24 anos, foi comprado em 2018 por sete milhões de euros (R$30 milhões) e o Fluminense, que o revelou em Xerém, ficou com 50%. Ele é o único brasileiro do Spartak Moscou, dirigido desde maio pelo português Rui Vitória, de 51 anos, ex-meia, que só jogou em equipes da terceira divisão, mas se tornou bom técnico. 22 vezes campeão russo, o último título do Spartak foi em 2016-17.

NOVO ARTILHEIRO – O Benfica comprou sábado (31) o artilheiro Roman Yaremchuk, ucraniano de 25 anos, pagando 17 milhões de euros ao Gent, da Bélgica, com contrato até 2026 e multa rescisória de 100 milhões de euros. O Benfica quer vender o suíço Haris Seferovic, de 29 anos, artilheiro do campeonato 2018-19 com 23 gols; o atacante alemão Gian-Luca Waldschmidt, de 25 anos, e o atacante maranhense Carlos Vinicius, de 26 anos, que caíram de rendimento.

JESUS, O LAGARTO – Sobre o jogo de amanhã (4), em Moscou, os torcedores do Benfica se manifestam nas redes sociais: “O benfiquista Rui Vitória contra o lagarto Jorge Jesus! Que ganhe o Benfica, sempre o Benfica, mesmo com um treinador lagarto que não merece o clube”. Os benfiquistas tratam Jorge Jesus como lagarto, por ser torcedor declarado do Sporting, que tem no verde a cor básica de sua camisa. A volta dele ao Benfica não foi bem recebida.

882 DIAS DEPOIS – Uma semana depois de ganhar a Supertaça de Portugal, com a virada por 2 x 1 sobre o Braga, o Sporting abre sexta (6) a Primeira Liga 2021-22 com o estreante FC Vizela. 882 dias depois, os torcedores voltarão ao estádio José Alvalade – 50.095 lugares -, com a lotação limitada em 17 mil ingressos, que variam de 15 a 35 euros. A venda começa hoje (3), com prioridade para os sócios que apresentarem comprovante do pagamento de julho. 

COMPROVANTE – De acordo com os critérios do clube, aprovados pela Liga Portuguesa, todos terão que apresentar teste negativo da Covid-19, ficando isentos só os menores de 12 anos. O controle das autoridades sanitárias será feito sob a supervisão da Cruz Vermelha Portuguesa. Jogadores e comissões técnicas do Sporting e do Vizela entrarão distantes dos torcedores, com o uso obrigatório de máscara e do distanciamento de dois metros.

HOMENAGEM – Antes do clássico lisboeta da terceira rodada, dia 22, com o Belenenses, no estádio José Alvalade, o Sporting prestará homenagem à Patricia Mamona, que ganhou a medalha de prata do salto triplo dos Jogos Olímpicos de Tóquio, com 15,01m, novo recorde português. Lisboeta de 32 anos, ela é atleta do Sporting desde 2011, e médica formada na Universidade de Clemson, no estado da Carolina do Sul, na região Sudeste dos Estados Unidos. 

PATRÍCIA MAMONA também será homenageada pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, de 72 anos, que a receberá no Palácio Nacional de Belém, onde deverá merecer uma condecoração. O presidente felicitou-a pouco depois de ganhar a medalha, mostrando-se emocionado por seu feito: “Você deu à nova geração uma demonstração muito clara de como se eleva o nome de um país. Portugal está orgulhoso pela sua conquista”.

Foto: Mercado do Futebol