A tensão domina o futebol brasileiro neste penúltimo domingo de fevereiro de 2021. O Flamengo pode ficar em vantagem para ganhar o bicampeonato depois de 37 anos (1982-83), e o Internacional pode voltar a comemorar, 41 anos depois do seu inédito título invicto (1979). Com todas as caracteristicas de equilíbrio, o jogo pode não ser a decisão que muitos aguardam, e a entrega da taça ficar para a próxima quinta (25), ao Flamengo, no Morumbi, ou ao Internacional, na Arena Beira Rio. Haja tensão!

BOM LEMBRAR – Faz quase quatro meses que Internacional e Flamengo realizaram um grande jogo, no domingo, 25 de outubro de 2020, na Arena Beira Rio. O Internacional começou a mil com o gol do uruguaio Abel Hernandez, logo aos seis minutos, mas a resposta imediata do Flamengo levou ao gol de Pedro, aos dez. O ritmo não diminuiu de intensidade na volta do intervalo e Tiago Galhardo fez 2 x 1 aos 24, mas o Flamengo usou a cabeça de Everton Ribeiro, aos 49, para o empate final.

INTER SEM SETE – O Internacional inicia o jogo de hoje (21), sem sete dos que começaram o jogo do turno: Marcelo Lomba, Heitor, Moledo, Zé Gabriel e Uendel (Moisés); Lindoso (Musto), Edenilson, Marcos Guilherme (Rodrigo Dourado) e Patrick; Abel Hernandez (D’Alessandro, que já deixou o clube) e Tiago Galhardo (William Pottker). O time era dirigido pelo argentino Eduardo Coudet, hoje no Celta de Vigo, que ontem (20) perdeu para o Valencia (2 x 0) e é décimo entre os vinte do Espanhol.

SEM CINCO – O Flamengo começa o jogo de hoje (21), sem cinco dos que iniciaram o jogo do turno: Hugo, Isla, Gustavo Henrique, Nathan e Filipe Luis; Tiago Maia, Arão (Michael) e Gerson; Vitinho (Lincoln), Everton Ribeiro e Pedro (Leo Pereira). O time era dirigido pelo espanhol Domènec Torrent, desde então ter sido convidado por outro clube. Antes do jogo, os técnicos trocaram gentilezas, aperto de mão, mas, no transcurso, discutiram algumas vezes.

ONZE CARTÕES – Bom lembrar: Internacional 2 x 2 Flamengo, na noite do domingo, 25 de outubro, na Arena Beira Rio, teve 32 faltas (16 de cada time) e 11 cartões amarelos. Os seis advertidos do Internacional: Lindoso, Lomba, Moledo, Tiago Galhardo, Rodrigo Dourado e o goleiro reserva Danilo Fernandes. Os cinco advertidos do Flamengo: Tiago Maia, Arão, Vitinho, Gustavo Henrique e Nathan. O árbitro foi Wilton Pereira Sampaio, da Federação Goiana e da FIFA.

ARBITRAGEM – O jogo deste domingo (21), no Maracanã, será apitado por outro árbitro cotado para a Copa do Mundo de 2022, o paulista Raphael Claus, de 41 anos, anunciado desde segunda-feira pela Comissão Nacional de Arbitragem da CBF. A escolha com tanta antecedência, deixou a impressão de que seria para abafar protestos e comentários da véspera, após o VAR ter falhado no lance do primeiro gol do Internacional, nos 2 x 0 no Vasco, em São Januário.

ESCALAÇÕES – Com as formações bem alteradas, em comparação com as que iniciaram o jogo do turno, os técnicos definiram as que começam hoje (21) no Maracanã. FLAMENGO – Hugo, Isla, Gustavo Henrique, Rodrigo Caio e Filipe Luis; Diego, Gerson, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Gabriel e Bruno Henrique. Técnico – Rogerio Ceni. INTERNACIONAL – Marcelo Lomba, Rodinei, Lucas Ribeiro, Zé Gabriel e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick e Praxedes; Caio Vidal e Yuri Alberto. Técnico – Abel Braga.

Foto: Sportbuzz