Os observadores do eixo Espanha-França consideram que amanhã (27) será o Dia N de Neymar, na conversa do presidente do PSG com o diretor-executivo do Barcelona, faltando exatamente uma semana para o último dia da janela de transferências, terça, 2 de setembro. À distância, o Real Madrid acompanha para tentar a última proposta.B

EM ABAIXO – De acordo com um repórter do jornal Le Parisien – possivelmente o que tem acesso mais fácil ao clube francês -, o PSG se mantém irredutível quanto aos valores para liberar o atacante brasileiro. O técnico alemão Thomas Tuchel ficou sem Mbappé e Cavani, que saíram lesionados domingo (25), e gostaria que Neymar não saísse.

A proposta do PSG para liberar Neymar seria com o pagamento de 100 milhões de euros e a cessão de dois jogadores do Barcelona, o lateral português Nelson Semedo e o atacante francês Dembélé, que, segundo fontes, tem criado problemas disciplinares. Semedo seria avaliado em 150 milhões e Dembélé em 200 milhões de euros. A oferta é bem abaixo dos 222 milhões de euros que o PSG pagou ao Barcelona.

Foto: Tips News