Com a décima nona vitória – oitava como visitante e terceira de virada -, o Flamengo consolidou a liderança isolada, com os 2 x 1 da noite de ontem (16) sobre o Fortaleza, com o recorde de público no estádio Castelão, no Brasileirão 2019: 49.901 pagantes, R$1.716.409,00. Os gols foram no segundo tempo, e os do Flamengo em cinco minutos.

EQUILIBRADO -Mesmo que o Flamengo tenha tido mais posse de bola, não chegou a ameaçar o gol do Fortaleza no primeiro tempo, bastante equilibrado. Na volta do intervalo, os dois primeiros gols foram de pênalti: o lateral Bruno Melo fez o do Fortaleza aos 16, em toque de Pablo Mari, e Gabriel empatou aos 38, em toque de Quintero.

A VIRADA – O Fortaleza perdeu a maior chance do desempate aos 40, após boa jogada de Osvaldo, com drible fácil em Rodrigo Caio, mas Renê evitou que a bola entrasse na finalização de Edinho. Três minutos depois, em lateral de Renê, o desvio de Vítor Gabriel e a cabeçada de Reinier, no ângulo, sem chance para o goleiro. O gol da vitória, de virada.

SUPERFELIZ – Reinier foi cortado da seleção que disputará o Mundial sub-17, a partir do dia 26 – o Brasil estreia com o Canadá -, depois que o Flamengo decidiu não o liberar. Após o jogo, o atacante resumiu: “A seleção é passado. Estou superfeliz porque acabo de fazer um gol de muita importância, ajudando o Flamengo em mais uma grande vitória”.

A TERCEIRA – O Flamengo estreou no Brasileirão 2019 com a virada (3 x 1) sobre o Cruzeiro, e cinco rodadas depois obteve a segunda virada (3 x 2) sobre o Atlético Paranaense, ambas no Maracanã. A terceira vitória de virada, na noite de ontem (16), foi a primeira como visitante, impondo ao Fortaleza a terceira derrota de virada, segunda como mandante. 

ARTILHEIRO – Depois de três jogos fora – com a Chapecoense, por suspensão, e com Atlético Mineiro e Atlético Paranaense, por estar com a seleção em Singapura, Gabriel voltou e ampliou a vantagem como artilheiro do Brasileirão 2019, ao marcar seu gol 19. Com 55 gols – ataque mais positivo -, o Flamengo mantém a média de 2.11 gols por jogo.

FLAMENGO – Diego Alves, João Lucas (Rodinei, 41 do segundo tempo), Rodrigo Caio, Pablo Marí e Renê; Arão, Gerson (Vítor Gabriel, intervalo) e Reinier; Lucas Silva (Piris da Mota, 16 do primeiro tempo), Gabriel e Vitinho. Técnico – Jorge Jesus. O Flamengo soma 61 pontos – 19 vitórias, 4 empates, 3 derrotas e tem saldo de 33 gols, com 55 marcados e 22 sofridos.

TRÊS CARTÕES – O árbitro Paulo Roberto Alves Júnior, da Federação Paranaense, teve atuação correta. Marcou bem os dois pênaltis e advertiu com cartão amarelo o lateral João Lucas, aos 29 do primeiro tempo, por falta dura em Felipe Pires,  e o atacante Gabriel, aos 20 do segundo, por reclamação. Nenê Bonilha, do Fortaleza, foi advertido aos 13 do segundo tempo, por falta em Gerson.

MULTA PESADA – O volante Willian Arão terá que pagar R$3.920.760,00 ao Botafogo, por reparação de perdas e danos, conforme decidiu ontem (16), em Brasília, o Tribunal Superior do Trabalho. No início da ação, o Botafogo pedia indenização de R$20 milhões ou o restabelecimento do contrato, que o jogador decidiu não cumprir. 

NO MARACANÃ –Depois do Fla-Flu de domingo (20), o Flamengo voltará ao Maracanã para mais dois jogos consecutivos: o da decisão da vaga na final da Libertadores com o Grêmio, quarta (23), e o da vigésima oitava rodada do Brasileirão, com o CSA, dia 26. O Flamengo terminará outubro no Serra Dourada, dia 30, com o Goiás.

FORTALEZA – Felipe Alves, Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Araruna, Nenê Bonilha (Juninho, 24 do segundo tempo) e Marlon; Felipe Pires, Kieza (Osvaldo, 39 do segundo tempo) e André Luis (Edinho, 29 do segundo tempo). O time foi dirigido pelo assistente-técnico francês Charles Hembert, devido à suspensão de Rogério Ceni por cartão amarelo.

PODE CAIR – Com 28 pontos, após a décima quarta derrota – 8 vitórias, 4 empates e saldo negativo de 13 gols (16 a 29) -, o Fortaleza pode cair uma posição e terminar a rodada em décimo sexto, se o arquirrival Ceará, com 26, vencer o Santos, na noite de hoje (17), na Vila Belmiro. O próximo jogo do Fortaleza será em Porto Alegre com o Grêmio.

Foto: Pedro Martins / Azeite Royal