Escolha uma Página

COM A VIRADA que levou do Grêmio por 2 x 1, na noite desta 5ª feira (30), na Arena Grêmio, em Porto Alegre, o Goiás tornou-se o terceiro rebaixado à Série B de 2024, depois do Coritiba e do América Mineiro. Dirigido desde junho pelo ex-meia português Armando Evangelista, de 49 anos, que sucedeu a Guto Ferreira e Emerson Ávila, o Goiás sofreu a 17ª derrota e só ganhou 35 dos 108 pontos disputados, com 8 vitórias, 11 empates e saldo negativo de 17 gols (35 a 52).

É O 6º REBAIXAMENTO do Goiás, depois de 1993, 1998, 2010, 2015 e 2020, que disputou a Série A pela primeira vez em 1967. Recordista de títulos estaduais (28), os últimos em 2015-16-17-18, é o único do Centro-Oeste, finalista da Copa do Brasil, que perdeu para o Flamengo em 1990; a disputar a Libertadores em 2006, e a ter quatro artilheiros da Série A: Túlio (1989), Dill (2000), Dimba (2003) e Souza (2006).

CAMPEÃO DA SÉRIE B em 1999 e 2012, o Goiás obteve a melhor classificação na Série A em 2005, terceiro com 74 pontos, depois do Corinthians (81), Internacional (78), e à frente do Palmeiras (70) e Fluminense (68). Agora, em 2023, tal como em 2010, o Goiás foi rebaixado faltando duas rodadas, em que jogará domingo (3) com o Fortaleza, na Arena Castelão, e 4ª feira (6), com o América Mineiro, último colocado, no estádio da Serrinha, em Goiânia.

COM O REBAIXAMENTO do Goiás, o Atlético Goianiense, que ficou com a última vaga da Série B, representará o estado na Série A de 2024. Depois de Mozart, Alberto Valentim e do interino Anderson Gomes, o carioca Jair Ventura assumiu na 20ª rodada, em 11º, e levou o Atlético Goianiense ao 4º lugar. Ex-Botafogo, Corinthians e Santos, Jair Ventura, de 44 anos, é filho de Jairzinho, único brasileiro a fazer gol em todos os jogos de uma Copa do Mundo, campeão em 1970.

A VIRADA E O SONHO DO GRÊMIO

AO ELIMINAR O GOIÁS, com a virada por 2 x 1, o Grêmio manteve o 5º lugar com 62 pontos, e o sonho do título, a 4 pontos do líder Palmeiras (66), e a 1 ponto do Botafogo, Atlético Mineiro e Flamengo (63). O meia paulista Everton Morelli, emprestado pelo Maringá, fez o gol do Goiás, aos 28, e no 2º tempo, o meia sul-matogrossense Ferreira empatou aos 5, e o atacante argentino Franco Cristaldo marcou o gol da 19ª vitória do Grêmio aos 11 minutos.

O GRÊMIO TERÁ adversários cariocas, tão bem conhecidos do seu técnico Renato Gaúcho, nas duas últimas rodadas: o Vasco, domingo (3), na Arena Grêmio, e o Fluminense, 4ª feira (6), no Maracanã. 5º com 62 pontos, o tricolor gaúcho tem 19 vitórias, 5 empates, 12 derrotas e saldo de cinco gols (59 a 54). O uruguaio Luis Suarez, que deve deixar o clube após o campeonato, é terceiro artilheiro, junto com Hulk, com 14 gols, e líder de assistências (11).

EMPATE BOM PARA O CRUZEIRO

NO MINEIRÃO, o 1 x 1 da noite desta 5ª feira (30) com o Athletico Paranaense foi bom para o Cruzeiro, 14º com 45 pontos, que praticamente garantiu a permanência na Série A. Vítor Roque fez o gol do Athletico aos 20 do 2º tempo e Mateus Pereira empatou aos 39 minutos. Foi o 14º empate do Athletico, 8º com 53 pontos, que teve no meia Fernandinho, aos 38 anos, o destaque, após 17 temporadas na Europa, com 667 jogos no Shakhtar da Ucrânia e no Manchester City.

BRAGANTINO NA LIBERTADORES

MESMO COM A 9ª DERROTA, sofrida para o visitante Fortaleza por 2 x 1, na noite desta 5ª feira (30), o Bragantino garantiu vaga na fase de grupos da Libertadores de 2024, e o Fortaleza confirmou a permanência na Série A. Pikachu e Calebe marcaram os gols do pentacampeão cearense, aos 14 e aos 23, e Eduardo Sasha fez o do Bragantino ainda no 1º tempo, aos 48. O Bragantino teve dois expulsos no 2º tempo, o meia Eric, aos 29, e o atacante Alerrandro, aos 33.

O BRAGANTINO terminou a 36ª rodada em 6º, com 59 pontos, e o Fortaleza em 11º com 48 pontos, voltando a vencer depois de nove jogos. O lateral gaúcho Tinga, capitão do time, resumiu: “Esse tempo sem vitória não apaga o que fizemos durante o ano”, lembrando que o time foi à final da Copa Sul-Americana, que perdeu nos pênaltis para a LDU, e ganhou o quinto título cearense consecutivo. Domingo, no último jogo do ano, na Arena Castelão, o Fortaleza recebe o Goiás, rebaixado com a virada (2 x 1) que levou do Grêmio.

Fotos: Pedro H. Tesch/Getty Images e CNN Brasil