Escolha uma Página

Com atuação pífia e 1 x 0 sofrido na Venezuela, sem vitória e sem gol nas eliminatórias, e única do continente que jamais se classificou para a Copa do Mundo, a seleção brasileira recorreu a Tiago Galhardo, artilheiro do Campeonato Brasileiro com 15 gols pelo Internacional, para o jogo de amanhã (17) com o Uruguai, no estádio Centenário, em Montevidéu. Será que Tite terá coragem de o escalar desde o início, ou vai deixá-lo na reserva, como fez com Pedro, cortado por dores musculares? A conferir.

TIAGO GALHARDO, de 31 anos, nascido em 20 de julho de 1989, em São João del-Rey, foi revelado no juvenil do Bangu em 2009, e cumpriu com o clube o primeiro contrato como profissional, até 2013, só fazendo o primeiro gol após sete jogos. Emprestado ao Botafogo, fez o gol do 1 x 1 no amistoso com o América Mineiro, em Juiz de Fora, em 2011. Passou também pelo Comercial de Ribeirão Preto e Remo (5 jogos, 0 gol), América de Natal (16 jogos, 1 gol), Albirex do Japão (26 jogos, 3 gols) .

DUAS TAÇAS – Mais armador do que atacante, Tiago Galhardo não teve grande começo como artilheiro: 6 gols em 30 jogos no Bangu e 1 gol em 14 jogos no Botafogo. Melhorou um pouco no Madureira (5 gols em 14 jogos), ganhando a Taça Rio 2015, e no Vasco só fez 9 gols em 52 jogos, ganhando a Taça Guanabara 2019. Saiu do Vasco para o Ceará (34 jogos, 12 gols) com problema trabalhista, repetido na saída para o Internacional (39 jogos, 21 gols, em janeiro de 2020.

ÚLTIMO JOGO – A seleção brasileira faz amanhã (17) o último jogo de 2020, esperando confirmar o primeiro lugar nas eliminatórias, com 100% de aproveitamento, após ganhar da Bolívia (5 x 0), do Peru (4 x 2) e da Venezuela (1 x 0). Os primeiros jogos de 2021 serão com a Colômbia, dia 25 de março, no estádio El Campin, em Bogotá, e cinco dias depois com a Argentina, dia 30, em estádio brasileiro ainda não escolhido pela CBF.

ÁRBITRO CHILENO – Uruguai x Brasil será apitado por Roberto Tobar, de 42 anos, da Federação Chilena, que em 2012 o suspendeu por oito meses, por envolvimento em manipulação de resultados dos jogos do campeonato nacional, em operação denominada Clube do Poquer. Engenheiro da área de informática, Tobar é da FIFA desde 2013, e entre os jogos mais importantes que apitou, as finais de 2019 da Libertadores River x Flamengo e da Copa América Brasil x Peru. 

NOTÍCIA TRISTE – Os dirigentes do Al-Hilal, da Arábia Saudita, informaram que Carlos Amadeu, ex-técnico das seleções brasileiras sub-15 e sub-17, morreu ontem (15), em Riad, após sofrer parada cardíaca. Lateral-esquerdo revelado no Bahia e campeão baiano em 84, Carlos Amadeu parou de jogar aos 23 anos, após fraturar o braço e passar por três cirurgias. Natural de Salvador, ele tinha 55 anos e estava no clube saudita desde agosto, após deixar de treinar o sub-19 do Bahia.

Foto: RW Cast, Diário Nordeste, Notícias 365Scores, Metrópolis