MAIS DE 40 MIL TORCEDORES FIZERAM CORO DE TIME SEM VERGONHA, após a derrota do Flamengo para o Santos por 1 x 0, na noite de ontem (6), no último dos 18 jogos do vice-campeão brasileiro de 2021, no Maracanã. Foi a 8ª derrota, 4ª como mandante, 5ª sem fazer gol, nem mesmo de pênalti, que Gabriel mandou na trave, aos 19, sete minutos depois de Marcos Leonardo marcar o gol da 12ª vitória do Santos, 3ª como visitante, todas por 1 x 0.

IRRITADOS COM A MÁ ATUAÇÃO, os torcedores sequer levaram em conta que só três titulares estavam em campo, e não pouparam nem mesmo Everton Ribeiro, vaiado, ao ser substituído, aos 33 do 2º tempo, por Mateus França, que fez o primeiro jogo como profissional. O Flamengo teve gol de Pedro, aos 28 do 1º tempo, anulado por impedimento de Mateuzinho, que fez o cruzamento. O atacante levou cartão amarelo por comemorar nos braços da torcida.

O GOL QUE DECIDIU O JOGO foi do atacante baiano Marcos Leonardo, de 18 anos, aos 12 minutos, completando jogada do meia paulista Marcos Guilherme, de 26 anos, emprestado pelo Internacional. O árbitro anulou o gol, mas confirmou após consulta ao VAR. O Santos recuou em excesso e o zagueiro Kaiky fez pênalti em Vitinho aos 19. Gabriel deslocou o goleiro, mas mandou na trave, perdendo a 2ª, em 28 cobranças, desde março de 2020.

O TIME DA DESPEDIDA COM DERROTA teve Hugo, Mateuzinho, Gustavo Henrique, David Luiz e Rodinei; Gomes (Lazaro), Andreas, Everton Ribeiro (Matheus França) e Vitinho (Tiaguinho); Gabriel e Pedro. O técnico Maurício de Souza não terá Mateuzinho e Pedro, suspensos pelo 3º cartão amarelo, 5ª (9), no último jogo do ano, em Goiânia, com o Atlético Goianiense. Antes do jogo, Pedro recebeu camisa pelos 100 jogos e Renê pelos 200 jogos.

A ÚLTIMA VITÓRIA DO SANTOS sobre o Flamengo, no Maracanã, havia sido no sábado, 4 de outubro de 2014, por 1 x 0, gol de Robinho, pela 26ª rodada do Brasileiro, ganho pela 4ª vez pelo Cruzeiro. Três dias antes, Robinho já havia feito 2 gols, no 3 x 2 no Botafogo, pelas quartas de final da Copa do Brasil. No intervalo, o telão do Maracanã exibiu jogadas e gols de Garrincha e Pelé, que nunca perderam jogando juntos com a seleção: 36 vitórias, 4 empates.

ENQUANTO O FLAMENGO deve atender o pedido dos torcedores e acertar a volta de Jorge Jesus, rejeitado pela maioria no Benfica, o Santos inicia conversa para a renovação do contrato do paulistano Fabio Carille. O técnico tem elogiado o ambiente no clube e dito que será possível fazer trabalho ainda melhor em 2022 com a manutenção da base. Garantido na Sul-Americana, o Santos pode até entrar na pré-Libertadores, dependendo dos resultados da última rodada.

Foto: Lance!