Escolha uma Página

Não só por jogarem em casa, mas pela qualidade técnica acima dos adversários, os três primeiros colocados – Juventus, Napoli e Inter – são favoritos na décima primeira rodada do Campeonato Italiano, que começa nesta sexta (2), com Napoli x Empoli, no estádio San Paolo – 60 mil lugares -, em Napoles, terra natal da pizza e terceira maior cidade do país, depois da capital Roma e da industrial Milão. Napoles tem cerca de cinco milhões de habitantes, apaixonados por futebol.

DESTAQUE – O apoiador Allan, carioca, 27 anos, ex-Vasco, convocado para os amistosos de novembro da seleção com Uruguai e Camarões, é o único brasileiro do atual elenco vice-campeão italiano, que defende desde 2015 (145 jogos, 15 gols). Outros destaques, o goleiro colombiano David Ospina, o lateral português Mario Rui e os atacantes Dries Mertens (belga) e Lorenzo Insigne, um dos artilheiros do time comandado pelo técnico Carlo Ancelotti, 59 anos, ex-meio-campo.

O Napoli é terceiro com 22 pontos – 7 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, 19 gols pró e 11 contra – e o Empoli, que só ganhou 1 dos 10 jogos, perdendo 6 e empatando 3 – tem saldo negativo de 6 gols, com 9 marcados e 15 sofridos. A única aspiração do time, tecnicamente muito limitado, é evitar o rebaixamento.

Sanchez Emilson Cribari, Lazio (Photo by Adam Davy – EMPICS/PA Images via Getty Images)

ÚNICO – O Empoli, adversário do Napoli, só teve um brasileiro em toda a sua história, o zagueiro paranaense Emilson Cribari, em 2010-11, com atuações sempre muito discretas. O time atual tem poucos estrangeiros e é dirigido por Aurelio Andreazzoli, 65 anos, que saiu da Roma após onze temporadas como assistente-técnico e deu ao Empoli o título da Série B italiana de 2017-18.

CRISTIANO RONALDO – O atacante português da Juventus – líder e único invicto com 28 pontos, 9 vitórias, 1 empate e saldo de catorze gols (21 a 7) – pode aproveitar a fragilidade do Cagliari – décimo terceiro com 13 pontos, 3 vitórias, 4 empates, 3 derrotas e saldo negativo de dois gols (9 a 11) – para se igualar ou até superar o polonês Piatek, do Genoa, artilheiro do campeonato com 9. Cristiano Ronaldo tem 7 e o terceiro é o argentino Mauro Icardi, da Inter, com 6.

JUVENTUS x CAGLIARI, neste sábado (3) será na Arena Juventus, em Turim, enquanto a Inter – vice-lider com 22 pontos – 7 vitórias, 1 empate, 2 derrotas e saldo de 10 gols (16 a 6) – na frente do Napoli por apenas 1 gol no saldo, receberá o Genoa, décimo primeiro com 14 pontos – 4 vitórias, 2 empates, 4 derrotas, saldo negativo de três gols (16 a 19) – no estádio Giuseppe Meazza, em Milão. O técnico é Luciano Spalletti e o único brasileiro titular é o zagueiro Miranda, da seleção.

MILAN FORA – Entre os quatro primeiros colocados, o Milan – quarto com 18 pontos, 5 vitórias, 3 empates, 2 derrotas, 20 gols pró, 14 contra – é o único a jogar fora na rodada, com a Udinese, no estádio Friulli, em Udine, quase fronteira com a Áustria. Na Udinese joga o ex-Flamengo Felipe Vizeu, mas o time não está bem: é o primeiro fora da zona de rebaixamento, com 9 pontos, seguindo-se Empoli (6), Frosinone (5) e Chievo (2).

NA ITÁLIA, são rebaixados os três últimos colocados. A Udinese, de Felipe Vizeu, só ganhou 2 dos 10 jogos, empatando 3 e perdendo 5, além do saldo negativo de 5 gols, com 10 marcados e 15 sofridos. Os 20 clubes que disputam a Série A não aceitaram a oferta da televisão, razão pela qual o Campeonato Italiano não está sendo exibido em outros países, inclusive o Brasil.