Escolha uma Página

UM DIA DEPOIS da quarta derrota consecutiva, o Corinthians anunciou hoje (5) a demissão do técnico Mano Menezes, gaúcho de 61 anos, que deixou o time em último no Grupo C do Campeonato Paulista, só com a vitória na estreia, 1 x 0 no Guarani. Na sequência, perdeu para Ituano e São Bernardo (1 x 0), São Paulo (2 x 1) e Novorizontino (3 x 1), sob muitos protestos e até ofensas dos torcedores.

32º PRESIDENTE do clube, Augusto Melo, paranaense de 59 anos, empresário do ramo têxtil, prometeu administração dinâmica e muitos reforços, mesmo com o passivo do clube em torno de R$1 bilhão, ao assumir em 2 de janeiro, para o triênio 2024-25-26, mas a situação do Corinthians é complicada, com muita pressão, interna e externa, pela má campanha.

APÓS DEMITIR MANO MENEZES, nesta 2ª feira (5), o Corinthians tentou Marcio Zanardi, paulistano de 45 anos, técnico do São Bernardo, ignorando que o regulamento do Campeonato Paulista não permite que um treinador dirija duas equipes na mesma edição. Depois disso, negou que tenha tentado o uruguaio Paulo Pezzolano, ex-Cruzeiro, técnico do Valladolid, em 5º na 2ª divisão da Espanha.

MANO MENEZES estava há quatro meses no Corinthians e tinha contrato até dezembro de 2025, e agora está acertando como receberá a rescisão de quase R$10 milhões. Em sua terceira passagem pelo clube, com 38% de aproveitamento, ganhou 6 dos 20 jogos, perdendo 9 e empatando 5. O técnico criou áreas de atrito com alguns jogadores, as mais sérias com o volante Raniele e o atacante Yuri Alberto.

A MELHOR PASSAGEM de Mano Menezes foi a primeira, em 2008, campeão brasileiro da Série B, campeão paulista e da Copa do Brasil, só saindo em 2010 para a seleção brasileira. Na segunda, em 2014, os resultados não foram bons, mas ainda assim renovou o time, que Tite assumiu em 2015 e voltou a ganhar a Série A.

MANO MENEZES é o terceiro técnico com mais jogos (268) da história do Corinthians, depois de outros dois gaúchos, Osvaldo Brandão (435), entre 1954 e 1980, e Tite (378), único a ganhar a Libertadores e o Mundial de clubes em 2012. Luiz Antônio Venker Menezes ganhou da irmã mais velha o apelido de Mano, que assim o tratava desde garoto em Passo Fundo, onde nasceu em 11 de junho de 62.

O CORINTHIANS será dirigido pelo auxiliar Thiago Kosloski, paranaense de 42 anos, ex-lateral, técnico do Coritiba no Brasileiro de 2023, contratado há um mês como assistente de Mano Menezes. Kosloski já dirigiu o treino da tarde de hoje (5) e vai comandar o time no clássico de 4ª feira (7) com o Santos, na Vila Belmiro.

Fotos: Site Meutimão, Jornal da Fronteira