Crédito:
Luis Henrique, com dois gols no jogo, o 4º e o 7º / GUILHERME RODRIGUES/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS

Com a melhor apresentação das sete equipes do Rio de Janeiro no jogo da estreia da histórica edição 50 da Copa São Paulo, em que é o time carioca com mais títulos (5), o Fluminense pintou o 7 na noite desta sexta (4) e assumiu a liderança do Grupo 23, ao golear (7 x 0) o Parnahyba, do Piauí, no estádio José Liberatti, em Osasco, na região metropolitana de São Paulo, a 15 km da capital. No outro jogo do grupo, o Audax, da capital paulista, venceu (2 x 0) o Sete de Dourados, Mato Grosso do Sul.

MAIOR GOLEADA – O Fluminense foi o time carioca que estreou com a maior goleada, depois que o Flamengo fez 4 x 0 no River do Piauí, e o Vasco fez 4 x 1 no Carajás do Pará. O Fluminense soube se impor desde o início e já saiu para o intervalo com 3 x 0, gols de Samuel, de pênalti, aos 15, e aos 27, aproveitando rebote do goleiro Wemerson, e Dudu aos 34.

MAIS QUATRO – O Fluminense teve um gol do lateral Calegari, bem anulado por impedimento, aos 15 do segundo tempo, mas fez mais quatro gols em 17 minutos, com atuação avassaladora: Luis Henrique aos 20 e aos 34; Leandro havia feito o quinto aos 32, e o zagueiro Crepaldi fechou a goleada (7 x 0) aos 37 minutos.

JOGA SEGUNDA – Dirigido pelo técnico Gustavo Leal, que tem como assistente o ex-zagueiro Valber, o sub-20 do Fluminense só volta a jogar segunda (7), às 17h30m, com o Sete de Dourados (MS). Quinta (10), Fluminense e Audax deverão decidir o primeiro lugar do Grupo 23.

GOLEADA DE VIRADA DO VASCO

O Vasco estreou como líder do Grupo 27, ao golear (4 x 1, de virada) o Carajás Esporte Clube, do interior do Pará, na tarde desta sexta (4), em Taubaté, município da região do Vale do Paraíba, a 135 km da capital paulista. O Vasco é líder pelo saldo de gols porque no outro jogo do grupo o Esporte Clube Taubaté venceu (2 x 1) o Tubarão, do sul de Santa Catarina. Na segunda rodada, na próxima segunda (7), o Vasco jogará com o Tubarão e o Taubaté com o Carajás.

SÓ UM SUSTO – O Vasco só levou um susto na estreia, ao sofrer o gol do meia Juninho, de fora da área, aos 11 minutos. Logo dois minutos depois, o atacante Lucas empatou, também de fora da área, com chute forte e bem colocado no canto. O Vasco passou a exercer domínio completo e já saiu para o intervalo com 3 x 1, com dois gols de cabeça: Tiago aos 36 e Caio aos 43. E o time fechou a goleada (4 x 1), logo no primeiro minuto do segundo tempo, com outro gol de Caio, destaque do jogo.

  • MASSACRE – O Carajás EC é do município de Eldorado do Carajás, de 38 anos, fundado em 2/5/80, e quase sempre lembrado pelo massacre de 1996, em que 19 sem-terra foram brutalmente e covardemente assassinados por tropas da Polícia Militar do Pará, no sudeste do estado, a 600 km da capital Belém. O Carajás EC, fundado em 27/6/97, mudou o nome para Time Negra Carajás Clube, ao fazer parceria com o Paysandu, desfeita em 2016, quando voltou a ser Carajás Esporte Clube.
  • BOTAFOGO – Depois de estreia ruim, em que só empatou nos minutos finais (1 x 1) com o Horizonte, do Ceará, o Botafogo volta a jogar neste sábado (5), no estádio José Lancha Filho, em Franca – a terra do calçado -, nordeste do estado e a 400 km da capital, com o Cuiabá, time que tem o nome da capital do estado do Mato Grosso. 
  • FLAMENGO – Depois de estrear goleando o River, do Piauí, com três gols de Bill e um gol de Rodrigo Muniz, o Flamengo – lider do Grupo 15 – volta a campo domingo (6) como favorito do jogo com o Trindade, de Goiás, no estádio municipal Alfredo Chiavegato, em Jaguariúna, município de 122 anos, na região metropolitana de Campinas, a 125 km da capital paulista. O Flamengo, campeão de 2018, é o único da história de 50 anos que a Copa São Paulo está completando em 2019, que ganhou todas as quatro decisões de que participou.
  • MADUREIRA – Derrotado na estreia pelo Flamengo, de São Paulo (2 x 0), o Madureira – último do Grupo 26 – volta domingo (6) ao estádio de Osasco, na região metropolitana da capital paulista, para jogar com o Coritiba.
  • BOAVISTA – Último do Grupo 12, depois de perder na estreia para o Bahia (3 x 1), o Boavista Sport Club, de Saquarema, volta a campo neste sábado (5) para o jogo com o Taquaritinga, do município da região central do estado, a 333 km de São Paulo. O Bahia lidera o grupo e também joga neste sábado com o Guarani, de Campinas.
  • VOLTA REDONDA – Depois de estrear ganhando do Paraná Clube (1 x 0), nesta sexta (4), o Volta Redonda vai decidir a liderança do Grupo 32 com a Portuguesa, no estádio do Canindé, na região central da capital paulista, segunda (7). A Portuguesa estreou vencendo o Santo André, do interior paulista (3 x 1) e tem a vantagem do empate pelo saldo de gols.
  • BOM LEMBRAR – A edição 50 da Copa São Paulo está sendo disputada por 128 times, divididos em 32 grupos, e só os dois primeiros de cada grupo se classificam. A decisão do maior torneio de times sub-20 do futebol brasileiro será às 10 horas da manhã da sexta-feira, 25, dia do aniversário de São Paulo. O jogo final será no Estádio Paulo Machado de Carvalho – homenagem ao chefe das delegações do Brasil no bicampeonato mundial, em 58 e 62 -, no bairro do Pacaembu, na região central da capital paulista.