Escolha uma Página

O INTERNACIONAL VOLTOU AO G4, ao vencer o América Mineiro por 1 x 0, no último jogo da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A de 2022, única sem vitória de visitantes, na noite desta 2ª feira (11), na Arena Beira Rio, em Porto Alegre. Com 28 pontos, o Inter ultrapassou Athletico Paranaense (5º) e Fluminense (4º), com 27, e tirou o Atlético Mineiro, também com 28, do 3º lugar, pelo saldo de gols (8 a 7).

O GOL DA 7ª VITÓRIA, 4ª EM OITO jogos como mandante, foi do lateral-esquerdo Moisés, paulistano de 27 anos, no Inter desde janeiro de 2020, ao finalizar na pequena área o cruzamento do meia Johnny, aos 49 do 2º tempo. O lance ficou três minutos em revisão no VAR, até o árbitro paulista Flávio de Souza confirmar. Durante a revisão, Moisés se ajoelhou e ficou rezando, até saltar de alegria pela confirmação.

O TÉCNICO MANO MENEZES também deu saltos e soco no ar para comemorar a 6ª vitória em 14 jogos, desde que assumiu na 3ª rodada, com 1 x 0 no Fluminense, no Maracanã. Depois, seis empates e só uma derrota, em casa, na virada do Botafogo por 3 x 2, na 13ª rodada, em 13 de junho. Mano é o 4º técnico do Inter em 2022, depois do espanhol Miguel Angel Ramirez; do uruguaio Diego Aguirre e do argentino Alexander Medina.

A VITÓRIA DO INTER FOI A 68ª de mandante, com o placar de 1 x 0 registrado pela 39ª vez em 160 jogos do atual campeonato, com 373 gols, média de 2.33 gols por jogo. O Inter passou a ter o 3º ataque mais positivo, com 23 gols, depois do Palmeiras (27) e do Atlético Mineiro (24). O Palmeiras tem a defesa menos vazada (12), seguindo-se Corinthians (14), Internacional, Fluminense e Santos (15).

1º PALMEIRAS, 30 PONTOS, 8 VITÓRIAS. 2º Corinthians, 29 pontos, 8 vitórias. 3º Internacional, 28 pontos, 7 vitórias, saldo de 8 gols (23 a 15).  4º Atlético Mineiro, 28 pontos, 7 vitórias, saldo de 7 gols (24 a 17). O Fluminense, vice-líder após vencer o Ceará, terminou a 16ª rodada em 5º, com 27 pontos, 8 vitórias, saldo de 7 gols (22 a 15).

O INTERNACIONAL JAMAIS PERDEU para o América Mineiro em Porto Alegre, desde 19 de setembro de 1971, quando também venceu por 1 x 0 no primeiro Campeonato Brasileiro, depois unificado. Desde então, com o 1 x 0 da noite desta 2ª feira (11), 7 vitórias (5 consecutivas) e 2 empates. 

ANTES DE INTERNACIONAL 1 x 0 AMÉRICA MINEIRO, os jogadores colocaram a mão sobre a boca, em sinal de protesto ao projeto de lei que faz mudanças na Lei Pelé e traz muito prejuízo para todos os jogadores na relação com os clubes. O gesto foi repetido em todos os jogos da 16ª rodada.

OS ARGENTINOS GERMAN CANO, com 10, e Jonathan Calleri, com 9, são os principais artilheiros. Piores ataques, América Mineiro (12), Cuiabá e Fortaleza (13). Defesas mais vazadas, Juventude (28), Avaí (27), Coritiba (25).

Foto: ND Mais