O Vasco completou cinco jogos sem vencer e sem fazer gol, no 0 x 0 com o Corinthians, ficando com chance de uma, em um milhão, de escapar do rebaixamento na última rodada. Com 38 pontos, o Vasco, se vencer o Goiás, em São Januário, empataria em pontos (41) e em vitórias (10) com o Fortaleza, desde que o Fortaleza não pontue no jogo com o Fluminense, no Maracanã. O Vasco seria rebaixado pelo saldo de gols porque tem menos 20, e o Fortaleza, menos 8. O Vasco precisaria vencer por 12 gols!

TUDO MENOS – O Vasco está entre os times com tudo menos no Brasileiro 2020, daí a situação agonizante a que chegou. O Vasco só marcou 34 gols em 37 jogos; só fez mais gol que Sport (31), Coritiba e Botafogo (30); tem o terceiro pior saldo negativo de gols (20), depois do Coritiba e do Goiás (21) e do Botafogo (30). O Vasco levou duas viradas de 2 x 1 em casa, do Flamengo e do Atlético Goianiense, e uma virada de 4 x 1 do Ceará, pelo mesmo placar da que sofreu para o Atlético, no Mineirão.

CINCO 0 x 0 – Dos 11 empates do Vasco, cinco 0 x 0, com Grêmio e Fortaleza, no turno, e com Atlético Goianiense, Bahia e Corinthians no returno. O Vasco também sofreu quatro derrotas feias, sem fazer gol: 0 x 2 Internacional, 0 x 3 Athletico Paranaense e Bahia, e 0 x 4 Grêmio. O Vasco só venceu dois jogos como visitante sem sofrer gol: 3 x 0 no Ceará e 2 x 0 no Sport. Os dirigentes trocaram três vezes de técnico – Ramon, Sá Pinto e Luxemburgo – sem que o time, muito fraco, tenha evoluído.

TÉCNICO – A quatro dias do encerramento do Brasileiro 2020, os dirigentes do Vasco terão reunião nesta segunda (22) para decidir as medidas a serem adotadas para a campanha de 2021, entre elas a da manutenção da comissão técnica. O trabalho de Vanderlei Luxemburgo é bem avaliado, sem ser unanimidade. Depois do 0 x 0 com o Corinthians, Luxemburgo disse que “não posso enganar o torcedor e dizer que o Vasco vai fazer doze gols no Goiás”.

FERNANDO MIGUEL, Leo Matos, Ricardo, Castan e Henrique; Bruno Gomes, Pikachu (Gabriel Pec), Andrey (Juninho) e Carlinhos (Marcos Junior); Talles (Catatau) e Cano (Tiago Reis) – o time do 0 x 0, décimo sétimo com 38 pontos, 9 vitórias, 17 derrotas, 11 empates, saldo negativo de 20 gols (34 a 54). A estreia do Vasco no Campeonato Carioca será domingo (28), em São Januário, com a Portuguesa. O Campeonato Brasileiro da Série B começará dia 29 de maio e terminará dia 30 de novembro.

CAMPEÃO SUB-20 – O Vasco, campeão da Copa do Brasil, venceu o Atlético Mineiro, campeão brasileiro, e ganhou a Supercopa do Brasil sub-20, na noite deste domingo (21), no estádio Kleber Andrade, no município capixaba de Cariacica, na região metropolitana da capital Vitória, com 7 x 6, nos pênaltis, depois de 2 x 2. Vinícius e MT fizeram os gols do Vasco. Luis Eduardo e Pedro Henrique marcaram os do Atlético. O goleiro Cadu, do Vasco, defendeu o último pênalti cobrado por Mateus Alisson.

O APROVEITAMENTO nas cobranças de pênaltis mostrou a precisão dos times: das catorze, só uma não foi convertida, mas é justo que se ressalte o mérito do goleiro Cadu, que deu o título ao Vasco com uma grande defesa na cobrança de Mateus Alisson. A Supercopa do Brasil sub-20 é disputada desde 2017, entre o campeão brasileiro e o campeão da Copa do Brasil. Os campeões anteriores foram Cruzeiro (2017), São Paulo (2018) e Flamengo (2019). O Vasco aguarda confirmação da CBF para representar o Brasil na Copa Libertadores sub-20 de 2021 como campeão da Supercopa do Brasil.

Foto: UOL Esporte