Ao vencer o Botafogo por 3 x 0 no último jogo da noite de ontem (10), o Vasco subiu para o décimo quinto lugar com 32 pontos em 28 jogos – 8 vitórias, 8 empates, 12 derrotas, mas ainda com saldo negativo de 10 gols (29 a 39) -, enquanto o Botafogo, com 23 pontos em 29 jogos – 4 vitórias, 11 empates, 14 derrotas e saldo negativo de 19 gols (25 a 44) -, além de permanecer em penúltimo, está a seis pontos do primeiro do rebaixamento, que é o Bahia, décimo sétimo com 29 pontos.

O VASCO já saiu para o intervalo em vantagem, com o gol de cabeça de Talles, aos 22 minutos, completando cruzamento de Henrique. O Botafogo voltou para o segundo tempo com Kalou no lugar de Rhuan e Nazario no lugar de Warley, mas não chegou a render mais. O Botafogo teve gol de Cicero, aos 27, bem anulado por impedimento, e o Vasco ampliou aos 32 com Andrey de fora da área, chutando de fora da área, no canto, sem defesa para Diego Cavalieri.

GOL DO CHORO – O Vasco ainda teve tempo para ampliar o placar, aos 51 minutos. Pikachu sofreu pênalti de Kanu e pediu para cobrar. Ele queria encerrar o longo jejum de um ano sem gol. O último que havia marcado, em 8 de dezembro de 2019, em São Januário, também foi de pênalti, no 1 x 1 com a Chapecoense. Ao converter a cobrança, Pikachu não conteve as lágrimas. Ele ficou vários jogos na reserva e disse não ter palavras para agradecer a Luxemburgo pela nova chance. Foi seu gol 100.

VASCO – Fernando Miguel, Caio Tenório (Jadson), Werley, Castan e Henrique; Bruno Gomes (Marcos Jr), Leo Gil (Caio Lopes) e Juninho (Andrey); Pikachu, Cano e Talles (Gabriel Pec). Técnico – Vanderlei Luxemburgo. O próximo jogo será com o lanterna Coritiba, sábado (16), em São Januário, o time terá mais quatro jogos: Atlético Mineiro, Bahia, Internacional e Goiás, na última rodada, dia 24 de fevereiro. Sem o mando, com Bragantino, Palmeiras, Flamengo, Fortaleza e Corinthians.

BOTAFOGO – Diego Cavalieri, Kevin (Barrandeguy), Souza, Kanu e Victor Luis; José Welison, Romildo (Cicero) e Kelvin (Lecaros); Rhuan (Kalou), Warley (Nazario) e Pedro Raul. Com 96% de chance de voltar à Série B em 2021, o Botafogo é penúltimo, com 23 pontos em 29 jogos – 4 vitórias, 14 derrotas, 11 empates, saldo negativo de 19 gols (25 a 44) – e o próximo jogo será com o Santos, domingo (17), na Vila Belmiro.

NO FERIADO de São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, o Botafogo jogará dia 20 com o Atlético Goianiense, no estádio Nilton Santos, onde disputará mais três jogos, com Sport, Grêmio e São Paulo. Dia 23 de janeiro, o clássico com o Fluminense, no Maracanã, e os demais jogos como visitante com Palmeiras, Goiás e Ceará, na última rodada, dia 24 de fevereiro. Após a derrota para o Vasco, o técnico Eduardo Barroca pediu uma reunião com os dirigentes para esta segunda-feira (11).