COM A VITÓRIA SOBRE O CSA por 1 x 0, na noite de ontem (14), no estádio Rei Pelé, em Maceió, o Goiás voltou ao G4, terminando a décima primeira rodada em quarto lugar, com números exatamente iguais ao do Sampaio Corrêa, terceiro colocado: 19 pontos, 5 vitórias, 4 empates, 2 derrotas, saldo de 6 gols (11 a 5). O líder Náutico tem 25 pontos e o vice-líder Coritiba, com menos um jogo, 21. O Goiás ultrapassou o Vasco, que caiu para o sétimo lugar, com 17 pontos.

AMEAÇA – Autor do gol que recolocou o Goiás no G4, o atacante Alef Manga fez um desabafo de alívio após o jogo, ao lembrar que na rodada anterior, depois da derrota, em Goiânia, para o Náutico por 1 x 0, foi ameaçado de morte por torcedores do Goiás: “Graças a Deus, vencemos e estamos entre os quatro primeiros”. Alef Manga, de 26 anos, é de Santos e está no Goiás por empréstimo do Volta Redonda. Pintado, de 55 anos, ex-volante do São Paulo, é o técnico do Goiás.

DERROTA – Décimo terceiro com 11 pontos, o CSA, campeão alagoano, com apenas duas vitórias em onze jogos, sofreu a quinta derrota na estreia do técnico mineiro Ney Franco, de 54 anos, ex-Flamengo e Botafogo, sem clube desde outubro de 2020. O CSA tem menos dois pontos que o Botafogo, décimo segundo com 13, ainda sem técnico para o jogo de sábado (17) com o Brusque, décimo primeiro com 13 pontos, no estádio Augusto Bauer, em Brusque.

NEGATIVA – O Botafogo demitiu Marcelo Chamusca terça (13) e ainda não conseguiu substituto. Lisca, ex-América Mineiro, deu resposta negativa, porque considerou baixa a proposta, o que também levou o clube ao descarte de Vanderlei Luxemburgo. Os nomes na pauta são os de Eduardo Batista, paulista de 49 anos, que em 2015 dirigiu o Fluminense, e Diego Dabove, argentino de 48 anos, que já treinou o San Lorenzo e o Argentinos Juniors.

LÍDER – Ao cair para o sétimo lugar, o Vasco precisa vencer o líder Náutico, único invicto – 7 vitórias, 4 empates, ataque mais positivo (19) – domingo (18), em São Januário, para não descer ainda mais na classificação. O CRB é oitavo com 17 pontos, e o Avaí, há cinco jogos sem perder, é nono com 15 pontos. Com 17 pontos, o Vasco pode subir de duas a três posições, por estar igualado ao Operário, Guarani, Goiás e Sampaio Corrêa com cinco vitórias.