Escolha uma Página

O Vasco é o primeiro do Rio a ganhar a Copa do Brasil sub-20, ao empatar (3 x 3) com o Bahia, na noite de ontem (3), em São Januário, depois de vencer (2 x 1) o primeiro jogo, no domingo anterior, no estádio de Pituaçu, na região metropolitana de Salvador. Com o título inédito, o Vasco decidirá a Supercopa do Brasil sub-20, em jogo único, com o campeão brasileiro, que só poderá ser um carioca, Flamengo ou Fluminense, ainda decidindo vaga nas semifinais.

VANTAGEM – O Vasco saiu para o intervalo da noite de ontem (3), em São Januário, com 2 x 1, gols do atacante Laranjeira, aos 26, e do meia paraguaio Matias Galarza, de 18 anos, aos 32 minutos, emprestado pelo Olímpia até janeiro de 2022. No último lance, aos 47, Gabriel fez de cabeça o gol do Bahia, que virou em três minutos no segundo tempo. Douglas empatou aos 22 e Marcelo fez 3 x 2 aos 25, dando a impressão de que o jogo seria decidido nos pênaltis.

EM 4 MINUTOS – O meia-atacante Carlos Eduardo substituiu o lateral Riquelme aos 43 e fez o gol da virada, e do título inédito do sub-20 do Vasco, aos 47, cinco minutos antes do final dos acréscimos. Em 2018 ele atuou pela seleção brasileira sub-17, vice-campeã do torneio de Montaigu, na França, em final que Portugal ganhou nos pênaltis (4 x 2). O técnico Vanderlei Luxemburgo não foi a São Januário, mas seu assistente Maurício Copertino acompanhou e fez anotações.

OS CAMPEÕES – Cadu, Galvão, Menezes, Vitor e Riquelme (Carlos Eduardo); Caio Lopes (capitão), Matias Galarza (Weverton) e MT (Artur); João Pedro (Marcos Dias), Laranjeira (Juan) e Gabriel (Rodrigo) – primeiro carioca campeão da Copa do Brasil sub-20, sob a orientação do técnico Diogo Siston, carioca de 39 anos. Ex-meia, Siston está no Vasco desde os nove anos, foi campeão na base e no profissional, e em dezembro foi campeão carioca sub-20, na decisão com o Botafogo (1 x 1 e 1 x 0).

ARBITRAGEM – Rejane Caetano da Silva, carioca de 34 anos, árbitra da FIFA, teve atuação segura. Anulou bem o gol de Gabriel Pec, do Vasco, aos 13 do primeiro tempo, por toque de mão de Caio Lopes, e acertou na expulsão do zagueiro Gabriel, do Bahia, aos 29 do segundo tempo, por falta dura no meia Matias Galarza. Foi correta ao advertir com cartão amarelo Barcelos, Jeferson e Marcelo, do Bahia, e Matias Galarza, do Vasco.

Foto: Youtube