EMBORA A PAUTA DEVA SER LONGA E COMPLEXA, o resultado do julgamento de amanhã (3) do Superior Tribunal de Justiça Desportiva deve beneficiar o Vasco com os pontos do 1 x 1 com o Sport. Com isso, o Vasco passaria a ter 61 pontos e chance de 100% de volta à Série A de 2023 do Campeonato Brasileiro.

O PEDIDO DE ADIAMENTO DO JULGAMENTO, solicitado pelo Sport, não foi analisado ontem (1), e em virtude de hoje (2) não haver expediente, devido ao feriado do Dia de Finados, só será submetido à apreciação amanhã (3), antes do julgamento já marcado pelo Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

O SPORT ESTÁ NA EXPECTATIVA de que a decisão de amanhã (3) do STJD seja igual à do jogo Ceará x Cuiabá, em que o gramado da Arena Castelão, em Fortaleza, foi invadido uma semana antes, no domingo, 16 de outubro, após resultado idêntico (1 x 1), ao de Sport x Vasco, dia 23, no Recife, e o Ceará não perdeu o ponto.

NA VISÃO DOS ADVOGADOS DO SPORT, o Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que sempre se manteve coerente, não terá como adotar outra decisão agora. O julgamento pode exercer influência direta no prejuízo de outros clubes, faltando só a última rodada para a definição da vaga de acesso em 2023.

O ITUANO, 5º COLOCADO COM 57 PONTOS, menos 2 que o Vasco, terá a vaga na Série A de 2023 confirmada, se vencer o confronto direto de domingo (6), em seu estádio, em Itu, desde que o Vasco não seja beneficiado no julgamento de amanhã (3) com os pontos do 1 x 1 com o Sport. 

A PUNIÇÃO AO SPORT não se restringiria à perda dos pontos. O clube perderia também o mando de campo, em até 10 jogos da Série B de 2023, além de pagar multa de até R$100 mil. Tudo será decidido amanhã (3), em um dos julgamentos mais aguardados dos últimos tempos do Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Foto: Superesportes