Escolha uma Página

O VASCO terá a vantagem de decidir a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, em São Januário, depois do 0 x 0 da noite de hoje (1) com o Fortaleza, com mais de 40 mil torcedores na Arena Castelão. R$784.399,00. 39.094 pagantes. Em caso de outro empate, por qualquer placar, dia 21, Vasco e Fortaleza decidem nos pênaltis.

COM ELOGIO dos jogadores ao técnico, o Vasco foi dirigido pelo interino Rafael Paiva, que só orientou três treinos, após a demissão de Ramon Diaz. Paulista de 39 anos, Rafael Paiva realizou excelente trabalho na equipe Sub-17 do Palmeiras, ganhando Campeonatos Paulista e Brasileiro, Copa do Brasil e Supercopa do Brasil.

O VASCO teve atuação cautelosa no Castelão, mas controlou bem as ações do time completo do Fortaleza, que perdeu a melhor chance do jogo, com o chute de Pochettino na trave, aos 23 do 1º tempo. O interino Rafael Paiva utilizou as cinco substituições e equilibrou bem a atuação da equipe. Os três cartões amarelos do árbitro paulista Mateus Candançan foram para Mateus Carvalho, Sforza e Vegetti.

FORTALEZA – João Ricardo, Tinga, Britez, Titi e Felipe Jonatan (Bruno Pacheco); Zé Welison (Hércules), Rossetto (Kervin Andrade) e Pochettino; Pikachu (Marinho), Machuca (Moisés) e Lucero. Técnico – Juan Pablo Vojvoda. 11º com 5 pontos, uma vitória, dois empates, o Fortaleza visitará o Corinthians, sábado (4), na 5ª rodada.

VASCO – Leo Jardim, Rojas (Zé Gabriel), Maicon e Leo (c); Paulo Henrique, Hugo Moura (Galdames), Mateus Carvalho (Adson) e Piton; Rayan (Rossi), Vegetti e David (Juan Sforza). Técnico – Rafael Paiva. 17º com 3 pontos, o Vasco será visitante na 5ª rodada, domingo (5), com o Athletico, na Arena da Baixada, em Curitiba.

FURACÃO LEVA VIRADA NOS ACRÉSCIMOS

NO ESTÁDIO Colosso da Lagoa, em Erechim, segunda maior cidade do Norte gaúcho, o Athletico Paranaense, 4º da Série A, saiu para o intervalo com 1 x 0, gol do uruguaio Agustin Canobbio, mas levou a virada do Ypiranga, vice-líder da Série C, nos acréscimos, com os gols de Mateus Anderson e Fabrício, de fora da área.

O YPIRANGA, do técnico catarinense Jerson Testoni, ex-lateral de 43 anos, terá a vantagem no jogo de volta, dia 21, na Arena da Baixada, em Curitiba, para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. O Athletico, do técnico Cuca, precisará vencer por dois gols ou decidir nos pênaltis, em caso de novo empate.

OUTRA FAÇANHA DO SOUSA

DEPOIS DE ELIMINAR o Cruzeiro, logo na primeira fase, o Sousa EC conseguiu outra façanha, ao empatar com o Bragantino (1 x 1), na noite de hoje (1), no estádio Antonio Mariz, em Sousa, cidade do sertão paraibano, a 432 km da capital João Pessoa, mesmo jogando com 10, desde os 9 minutos do 1º tempo com a expulsão do zagueiro Jackson.

O BRAGANTINO saiu em vantagem para o intervalo, com o gol de pênalti do lateral Luan Cândido, mas o Sousa conseguiu o empate, também em gol de bola parada, aos 38 minutos, em primorosa cobrança de falta do atacante Junior Batata no ângulo. Natural de Brasilia, ele chegou há apenas três dias ao clube. O jogo de volta será dia 22 em Bragança Paulista, com decisão em pênaltis, se houver outro empate.

Fotos: ESPN Brasil