Escolha uma Página

O VASCO DECEPCIONOU os mais de 20 mil torcedores que lotaram o estádio Kleber Andrade, na noite desta 2ª feira (30), em Cariacica, município da Grande Vitória, capital do Espírito Santo, ao perder a invencibilidade por 2 x 1 para o Volta Redonda. que tirou o Fluminense da vice-liderança da Taça Guanabara.

PEDRO RAUL DECEPCIONOU, ao não aproveitar o pênalti que o goleiro Jefferson defendeu aos 28 minutos do 2º tempo, quando o Vasco já perdia por 2 x 1. Vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2022, ele ainda não fez gol em quatro jogos pelo Vasco, depois de marcar 26, em 50 jogos pelo Goiás, na temporada passada.

O VOLTA REDONDA decidiu no 1º tempo, com os gols do lateral Ricardo Sena, aos 25, aproveitando a rebatida do zagueiro Leo, após cruzamento do ponta Luizinho, e de Lelê, artilheiro do campeonato com seis gols, aos 35 minutos, após assistência do meia Naninho, nas costas do zagueiro Robson.

O VASCO SAIU VAIADO para o intervalo, tentou reagir no 2º tempo, mas o muito que conseguiu foi o gol de Gabriel Pec, aos 13 minutos, com chute forte de fora da área no canto direito. A chance de ao menos empatar não foi aproveitada por Pedro Raul, aos 28, na cobrança do pênalti que o goleiro Jefferson defendeu bem.

O NOVO VICE-LÍDER: Jefferson, Iury (Marcus Vinicius), Alix, Daniel e Ricardo Sena (Marcus Gabriel); Bruno Barra, Dudu (Henrique) e Naninho; Luizinho (Berguinho), Lelê e Pedrinho (Danrlei) – o Volta Redonda, do técnico goiano Rogerio Corrêa, ex-zagueiro de 44 anos, que só perdeu na estreia, em casa, para o Botafogo (2 x 1).

O VASCO, DA 1ª DERROTA: Ivan, Puma, Robson (Miranda), Leo e Lucas Piton; Jair (Galarza), Zé Gabriel (Erick) e Alex Teixeira (Eguinaldo); Gabriel Pec (Vinicius), Pedro Raul e Figueiredo. O técnico paulistano Mauricio Barbieri, de 41 anos, mostrou-se tenso e foi advertido com cartão amarelo, ainda no 1º tempo.

VASCO 1 x 2 VOLTA REDONDA registrou R$2.128.325,50. 19.612 pagantes. Arbitragem segura de Tiago Marques, de 34 anos, que marcou bem o pênalti, 35 faltas, 19 do Vasco, e advertiu com cartão amarelo Iury, Dudu, Henrique e Pedrinho, do Volta Redonda, e Robson, Lucas Piton e o técnico Mauricio Barbieri.

FOI A 9ª VITÓRIA do Volta Redonda em 62 jogos com o Vasco, que venceu 44 e empatou 12. O Volta Redonda, vice-líder, com 10 pontos, 3 vitórias, 1 empate, 1 derrota, saldo de 5 gols (11 a 6). O Vasco, com menos um jogo, 6º com 5 pontos, 1 vitória, 2 empates, 1 derrota, saldo de 1 gol (4 a 3).

O VASCO VOLTA A JOGAR 5ª feira (2), em São Januário, com o Resende; 3ª (7), com o Nova Iguaçu, no estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, e fará os dois primeiros clássicos em intervalo de quatro dias: domingo (12), com o Fluminense, e 5ª feira (16), com o Botafogo, ambos no Maracanã.

Fotos: O Povo e Lance!