O Vasco entra muito pressionado no último jogo de amanhã (4), com o líder Atlético, que ainda não perdeu no Mineirão, depois da derrota (1 x 0) para o Coritiba e o empate (1 x 1) com o Bragantino, em que foi salvo pelo pênalti que Fernando Miguel defendeu. Das cinco vitórias, só uma foi fora do Rio, nos 3 x 0 sobre o Ceará. Quinto com 18 pontos, o Vasco pode retornar ao G4 e terminar a rodada em terceiro ou até na vice-liderança, dependendo dos resultados do Palmeiras e do São Paulo (19).

QUEDA – Se não conseguir ganhar, o Vasco pode ter queda acentuada, ultrapassado pelo Flamengo (18), Sport e Santos (17) e pelo Fortaleza (16). Bom dizer: o Vasco seria o primeiro a vencer o Atlético no Mineirão, onde o aproveitamento do líder é de 100%, com cinco vitórias, em três, com três gols marcados, como na primeira, de virada, nos 3 x 2 no Corinthians. Com 24 pontos em 11 jogos, o Atlético é o que mais venceu (8), ataque mais positivo (21) e único que ainda não empatou.

ARTILHEIROS – Atlético e Vasco têm dois jogadores especiais nas finalizações: o baiano Keno, que fez três gols nos dois últimos jogos, em que o Atlético venceu o Atlético Goianiense (4 x 3) e o Grêmio (3 x 1), e o argentino German Cano, que marcou 16 dos 30 gols do Vasco em 2020. Os dois tentam a artilharia, liderada pelo mineiro Tiago Galhardo, do Internacional, com 9. Keno fez seis gols nos dois últimos jogos, mas Cano está há quatro jogos sem marcar.

BRUNO CESAR – O Vasco emprestou o meia paulista Bruno Cesar, de 31 anos, ao Penafiel, quarto colocado da segunda divisão de Portugal, até maio de 2021. Depois de 41 jogos e 4 gols pelo Vasco desde 2019, Bruno Cesar está de volta ao futebol português:  em 2015 jogou no Estoril Praia, e entre 2016 e 2018, defendeu o Sporting de Lisboa, com 12 gols em 96 jogos. 

SEM TRÊS – O Atlético Mineiro ficará sem três jogadores nos três jogos seguintes: o zagueiro Junior Alonso, convocado pelo Paraguai para os jogos das eliminatórias com Peru e Venezuela; o meia Alan Franco, que vai atuar pelo Equador nos jogos com Argentina e Uruguai, e o atacante Savarino, que estará na seleção da Venezuela nos jogos com Paraguai e Colômbia. O técnico argentino Jorge Sampaoli deve contar com a volta do zagueiro Rever, em fase final de recuperação de fratura do nariz.LEANDRO VUADEN, de 45 anos, da Federação Gaúcha, apitará Atlético Mineiro x Vasco, amanhã (4), às 20h30min, no Mineirão.

Foto: Torcedores