O Vasco teve um domingo de quebra de marcas neste 20 de outubro: pela primeira vez, conseguiu três vitórias consecutivas no Brasileirão 2019, e depois de 12 anos voltou a vencer o Internacional em Porto Alegre, o que não acontecia desde 1 de agosto de 2007, com os gols de Allan Kardec, de cabeça, e de Leandro Amaral, ambos no primeiro tempo.

FINALMENTE – O Vasco chegou perto de três vitórias consecutivas, depois de 2 x 1 no Internacional e 1 x 0 no Ceará, em São Januário, mas levou a virada (2 x 1) do Grêmio, em Porto Alegre, na décima rodada. No returno, finalmente, o Vasco chegou às três vitórias consecutivas: 1 x 0 no Fortaleza, 2 x 1 no Botafogo e 1 x 0 no Internacional. 

COM MÉRITOS – O gol da terceira vitória consecutiva do Vasco foi de Marrony, aos oito do segundo tempo, aproveitando o rebote do goleiro Marcelo Lomba, após o chute de Rossi. O goleiro Fernando Miguel teve excelente participação com defesas especiais quando o Internacional pressionou tentando o empate.

A MUDANÇA – Uma substituição própria de que enxerga bem o futebol, como o técnico Vanderlei Luxemburgo, foi feita no intervalo: o colombiano Freddy Guarin substituiu Ribamar e o Vasco teve outra postura, defensiva e ofensiva. O Internacional havia sido mais agressivo no primeiro tempo, mas foi bem controlado no segundo.

VASCO – Fernando Miguel, Pikachu, Henriquez, Castan e Henrique; Richard, Bruno Gomes e Felipe Ferreira (Marcos Júnior, 17 do segundo tempo); Rossi (Gabriel Pec, 22 do segundo tempo), Ribamar (Freddy Guarin, intervalo) e Marrony. Com a décima vitória e 37 pontos, o Vasco terminou a rodada em décimo primeiro.

INTER – Marcelo Lomba, Heitor, Fuchs, Victor Cuesta e Zeca (Wellington Silva, 41 do segundo tempo); Bruno Silva, Edenilson, Patrick e D’Alessandro; Nico Lopez (Sarrafiore, 16 do segundo tempo) e Guerrero. Técnico – Ricardo Colbachini. Com a nona derrota e 42 pontos, o Inter perde o sexto lugar se o Bahia (41) ganhar do Ceará nesta segunda (21).

HOMENAGEM – O ex-ponta Valdomiro, autor do gol do bicampeonato brasileiro do Inter (75-76), ganhou um quadro com a foto do gol de falta que marcou. Hoje aos 73 anos, o catarinense Valdomiro Vaz Franco é recordista de jogos pelo Inter – 865, com 193 gols, de 1968 a 1982 – e foi titular da seleção brasileira, evitando a eliminação na primeira fase, após 0 x 0 com Iugoslávia e Escócia, ao marcar o terceiro gol nos 3 x 0 no Zaire.

QUATRO CARTÕES – O único advertido do Vasco foi Freddy Guarin. Dos três advertidos do Inter, dois estão fora do próximo jogo, sábado (26), em Salvador, com o Bahia: Patrick e D’Alessandro. Arbitragem segura de Vinícius Araújo, da Federação Paulista. R$928.260,00. 21.273 pagantes na Arena Beira Rio, em Porto Alegre.

10 MIL TORCEDORAS do Internacional, com vestido ou blusa rosa, foram convidadas do Internacional, na promoção do Setembro Rosa, campanha nacional da prevenção contra o câncer de mama. A bola utilizada em Inter 0 x 1 Vasco foi de cor rosa.

Bom dizer também que o Vasco foi o primeiro a ganhar do Internacional em Porto Alegre.

Foto: Divulgação CBF