Escolha uma Página

O VASCO SOFREU a sétima derrota, quinta sem fazer gol, mas escapou de voltar ao rebaixamento, terminando a 10ª rodada em 16º com 7 pontos, igual ao Corinthians, mas por ter mais uma vitória que o time paulista, 17º, após perder (1 x 0) para o Internacional.

O VASCO RESISTIU bem no 1º tempo, mas não suportou a pressão do Juventude, que aumentou o domínio e fez 2 x 0, com o meia Lucas Barbosa, de pé esquerdo, de fora da área, aos 7, e com Jean Carlos, de falta, aos 53, com a bola batendo na trave e no goleiro Leo Jardim (gol contra).

FOI A 3ª DERROTA do técnico português Alvaro Pacheco, ainda sem vencer, que só empatou em casa (0 x 0) com o Cruzeiro. O lateral Vitor Luis foi expulso aos 51 do 2º tempo, pela falta em Taliari, que originou o 2º gol do Juventude, 10º com 13 pontos.

O VASCO DA 7ª DERROTA: Leo Jardim, Paulo Henrique, Maicon, Leo (c) e Vitor Luis; Zé Gabriel (David), Galdames (Sforza) e João Pedro (Mateus Carvalho); Rossi (Rayan), Adson (Serginho) e Clayton. O próximo jogo é com o São Paulo, sábado (22), em São Januário.

O VASCO É 16º com 7 pontos, 2 vitórias, 1 empate, 7 derrotas, 7 gols marcados, 21 gols sofridos (defesa mais vazada) e o pior saldo negativo de gols (-14).

FORTALEZA VENCE GRÊMIO

COM O GOL do argentino Lucero, de pênalti, aos 42 do 1º tempo, o Fortaleza subiu para o 12º lugar com 13 pontos, após a terceira vitória, na noite desta 4ª feira (19), na Arena Castelão. O Grêmio completou cinco anos sem vencer o Fortaleza e caiu para 18º com 6 pontos, após a 6ª derrota e saldo negativo de 4 gols (6 a 10).

Foto: Fernando Alves/ECJ