O VASCO TEVE INÍCIO ARRASADOR, COM OS GOLS DE NENÊ E CANO, mas sofreu dois gols de cabeça e cedeu o empate ao Náutico, na tarde de ontem (24), no Recife, perdendo a chance de ficar a três pontos do Goiás, quarto com 52. O Vasco não aproveitou as derrotas do Guarani e do CSA, e terminou a rodada em sexto com 47 pontos, menos 3 que o CRB, quinto com 50. Logo abaixo, Guarani, sétimo com 46; CSA, oitavo com 45, e Náutico, nono, também com 45 pontos.

EM 10 MINUTOS – Em seu melhor início, desde que o técnico Fernando Diniz assumiu, o Vasco fez 1 x 0 logo aos 8 minutos. Atento, Nenê aproveitou a bola que escapou do domínio do zagueiro Rafael Ribeiro e finalizou de primeira, e aos 18 iniciou a jogada do segundo gol, com passe de calcanhar. Gabriel Pec dominou no peito e estendeu a Marquinhos Gabriel para o cruzamento, que Cano concluiu sem ter tanto trabalho.

DESATENÇÃO – A defesa do Vasco foi desatenta nos gols do Náutico. O meia paulistano Vinícius, ex-Palmeiras, subiu bem e cabeceou sem defesa para Lucão, após a falta bem batida, aos 26 minutos, pelo lateral Hereda. O Náutico voltou com tudo do intervalo e estabeleceu o empate final em 2 x 2, aos 13 minutos, com a cabeçada do zagueiro Yago, após a falta do meia Jean Carlos, que coordenou quase todas as jogadas ofensivas do campeão pernambucano.

LUCÃO, Zeca, Walber, Leandro Castan e Riquelme; Bruno Gomes, Marquinhos Gabriel e Nenê; Morato (Andrey), Cano e Gabriel Pec (Leo Jabá) – o Vasco do técnico Fernando Diniz, sexto com 47 pontos, 13 vitórias, saldo de 4 gols (38 a 34). O próximo jogo será sexta (29), em São Januário, com o CSA, oitavo com 45 pontos, 13 vitórias, saldo de 5 gols (36 a 31). Em oito jogos com Diniz, terceiro empate, após quatro vitórias por 2 x 1 e só uma derrota por 1 x 0.

A RODADA 32 começa amanhã (26), com jogo que interessa ao Vasco. O CRB recebe o líder Coritiba, em Maceió, e se vencer, entra no G-4, com 53 pontos. Logo depois, o Goiás, com 52, só recupera o quarto lugar se ao menos empatar com o vice-líder Botafogo. O CRB ficaria igual em vitórias (14) ao Goiás, que tem vantagem no saldo de gols. A derrota do Coritiba, com 57 pontos, levaria o Botafogo, com 58, pela primeira vez à liderança, caso vença o Goiás.

Foto: Terra