O Vasco estreará na Copa Sul-Americana de 2020, dia 5 de fevereiro, em São Januário, e não terá problema de altitude no jogo de volta com o Oriente Petrolero, dia 16, no estádio Ramon Tauichi Aguilera – 35 mil lugares -, em Santa Cruz de la Sierra, cidade da região central e mais populosa da Bolívia, só a 416 metros de altitude.

DEFINIDO – Oriente Petrolero foi definido como adversário do Vasco na estreia da Copa Sul-Americana, ao terminar em sexto lugar no campeonato boliviano com 37 pontos, 23 a menos que o campeão Jorge Wilstermann, que o venceu (3 x 1) na noite de ontem (28) e conquistou o décimo quinto título de sua história de 75 anos. O Jorge Wilstermann será um dos adversários do Athletico Paranaense na fase de grupos da Libertadores.

HEPTACAMPEÃO – O Club Deportivo Oriente Petrolero, fundado em 5/11/55, ganhou sete vezes consecutivas o campeonato boliviano, de 67 a 73, além de ter participado 18 vezes da Libertadores, a primeira em 72. Sua melhor campanha foi em 88, quando chegou às quartas de final. O time atual só tem quatro estrangeiros, nenhum brasileiro.

“VITAMINA” – Argentino de Rosário, onde nasceu Messi, o técnico Pablo Sanchez vai completar 47 anos na próxima sexta (3). Desde a época de (bom) volante do Rosário Central, era tratado pelo apelido de “Vitamina”. Jogou no holandês Feyenoord e no espanhol AlavésFoi técnico do chileno Everton, de Viña del Mar, antes de voltar ao Oriente Petrolero, em 2018, depois da primeira passagem em 2009.