Escolha uma Página

O Vasco decepcionou com atuação ruim na noite de ontem (10), em São Januário, ao levar a virada do Atlético Goianiense (2 x 1), que ganhou a primeira como visitante, depois de sete jogos sem vitória e de ficar três rodadas em penúltimo. Com 14 pontos, o Vasco caiu para o sexto lugar, superado pelo Atlético Mineiro, em quinto com 15, que perdeu o quarto lugar para o Palmeiras, único invicto, com 16. No final, o Vasco teve o gol de empate anulado pelo VAR e o meia Bruno Gomes expulso

.OUTRA CARIMBADA – O Atlético Goianiense subiu cinco posições, terminando a nona rodada em décimo quarto com nove pontos, após outra carimbada em time do Rio. A única vitória havia sido na estreia, 3 x 0 sobre o Flamengo, em Goiânia, e a virada no Vasco também mexeu com o Botafogo, recordista de empates, com 9 pontos, que caiu duas posições e terminou a nona rodada em décimo sexto, só um ponto à frente dos primeiros do rebaixamento, Athletico Paranaense e Coritiba, com 8 pontos.

MUITA FALTA – Não foi só pela ausência de Martin Benitez que o Vasco perdeu, mas o time se ressentiu da criatividade do meia argentino, que o técnico decidiu poupar para evitar o desgaste por ele ter disputado todos os jogos. O treinador tirou Andrey, Felipe Bastos e Carlinhos, sem que os substitutos Marcos Junior, Bruno Gomes e Vinícius tenham melhorado o rendimento. A retirada, sem peça de reposição do mesmo valor, faz toda a diferença, e o transcurso do jogo deixou isso bem claro.

TRÊS EM DOZE – Os três gols da noite de ontem (10), em São Januário, foram marcados em doze minutos. Aproveitando chute de Talles, que desviou na zaga, Cano fez o do Vasco aos 16, e logo em dois minutos, Renato Kayzer empatou, após bom cruzamento do lateral Nicolas. Com outro cruzamento, de Mateuzinho, só que pelo alto, o gol da virada, foi de Renato Kayzer, de cabeça, aos 28. Cano ainda empatou aos 44, mas estava impedido, e nos acréscimos, Bruno Gomes foi expulso aos 52 minutos.

VASCO – Fernando Miguel, Pikachu, Miranda, Marcelo Alves e Henrique; Andrey (Marcos Junior), Felipe Bastos (Bruno Gomes) e Carlinhos (Vinicius); Bruno Cesar (Ribamar), Cano e Talles (Catatau). Técnico – Ramon Menezes. Sexto com 14 pontos  4 vitórias, 2 derrotas, 2 empates, saldo de cinco gols (12 a 7) -, o Vasco faz o clássico da décima rodada com o Botafogo, domingo (13), no estádio Nilton Santos. Com a volta de Benitez, o time voltará a ser criativo e a diferença será sentida.

ATLÉTICO – Jean, Dudu, João Victor, Eder e Nicolas; Edson, Marlon (Mateus Vargas) e Ferrareis (Everton Felipe); Janderson (Mateuzinho), Renato Kayzer e Chico (Oliveira). Técnico – Vagner Mancini. Após sete jogos sem vencer, o Atlético Goianiense subiu cinco posições, saiu do rebaixamento e terminou a nona rodada em décimo quarto com 9 pontos – 2 vitórias, 3 derrotas, 3 empates, saldo negativo de três gols (8 a 11) – e será visitante de novo, domingo (13), no jogo com o Bahia, na estreia do técnico Mano Menezes.

TRÊS CARTÕES – Além do acerto na expulsão de Bruno Gomes, do Vasco, por agressão a Mateus Vargas, no grande círculo, aos 52 do segundo tempo, o experiente Heber Roberto Lopes, de 48 anos, da Federação Catarinense, teve arbitragem correta. Anulou bem o gol de Cano, pelo toque de mão, que o VAR confirmou, e advertiu bem com cartão amarelo o zagueiro João Victor, do Atlético, e Vinicius e Talles

Fotos: Yahoo Notícias