Com a vitória do Avaí por 1 x 0 sobre o Operário, na noite de ontem (22), no estádio da Ressacada, em Florianópolis, no encerramento da décima terceira rodada da Série B, o Vasco caiu do oitavo para o nono lugar, empatado em pontos (19) com o Brusque, que tem mais uma vitória (6 a 5). Com 21 pontos, após a sexta vitória, o Avaí ultrapassou Sampaio Corrêa, Goiás e CRB, e terminou a rodada em quinto lugar, com o gol do ponta colombiano Jonathan Copete, ex-Santos.

MISSÃO LISCA – O gaúcho Lisca, de 48 anos, assume o Vasco em nono lugar com 19 pontos em 13 jogos – 5 vitórias, 4 empates, 4 derrotas, saldo de 1 gol (15 a 14) -, com a missão de classificar o time para a Série A em 2022. Nesta sexta (23), depois de conhecer a sede do clube, encantando-se com o belo salão de troféus, ele dirigiu o único treino para sua estreia com o Guarani, terceiro com 22 pontos, amanhã (24), em São Januário. 

75 PONTOS – Depois da estreia, o novo técnico terá a semana inteira para moldar o time ao seu estilo para o clássico do último sábado (31) de julho, com o Botafogo, no estádio Nilton Santos. Os quatro jogos restantes do turno serão alternados, fora do Rio com o Vitória, em Salvador, e com o Remo, em Belém, e em São Januário com Vila Nova e Londrina. Com os 19 jogos do returno, o Vasco disputará, ao todo, 75 pontos em 25 jogos sob o comando de Lisca. 

50 POR CENTO – Com Marcelo Cabo, o Vasco ganhou 18 dos 36 pontos (13 em São Januário). Dos cinco jogos fora de casa, só ganhou do Brasil de Pelotas (2 x 1), e não fez gol nas duas derrotas em casa (2 x 0 para o Operário, na estreia, e o Avaí, na quarta rodada. Nos 12 jogos, não fez mais de 2 gols por jogo, e nas quatro derrotas, não fez gol em três (0 x 2 Operário, 0 x 2 Avaí e 0 x 1 Goiás). Venceu três sem sofrer gol: 2 x 0 no CRB, 1 x 0 no Confiança e no Sampaio Corrêa.

DRONE DA MORTE – O Vasco fará amanhã (24), na estreia de Lisca, o oitavo jogo em São Januário. As derrotas por 2 x 0 nos dois primeiros, para Operário e Avaí, provocaram revolta nos torcedores, que depredaram carros de jogadores e até os ameaçaram de morte. Do lado de fora do estádio, soltaram um drone, que sobrevoou o gramado com o desenho de uma caveira, no segundo tempo do jogo com o CRB.  O árbitro teve que paralisar o jogo por quase um minuto. 

DESFALQUES – Na estreia do técnico Lisca, o Vasco terá a volta do lateral-direito Leo Matos, que cumpriu suspensão, mas um dos desfalques será o ponta MT, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Os outros serão os volantes Andrey, com estiramento, que sofreu no aquecimento para o jogo com o CRB e foi substituído por Bruno Gomes, e Rômulo e Marcelo ainda em recuperação. Há três pendurados: Castan, Zeca e Daniel Amorim, que fez o gol de empate com o CSA.

JOGO INÉDITO – Embora tenham se enfrentado 37 vezes na Série A, com 18 vitórias do Guarani, 11 do Vasco e 8 empates, os times farão amanhã o terceiro jogo na Série B, que disputaram em 2009: 0 x 0 em Campinas, e Vasco 1 x 0, gol do ponta Elton, aos 8 do segundo tempo, no sábado, 19 de setembro, diante de 52 mil pagantes, no Maracanã. Vasco: Fernando Prass, Paulo Sergio, Vilson, Titi e Ramon; Amaral, Mateus, Alan (Fernando) e Carlos Alberto (Fumagali); Robinho (Adriano) e Elton. Técnico – Dorival Junior. Amanhã (24) o primeiro Vasco x Guarani, pela Série B, na Colina.

VISITANTE INVICTO – O Guarani fará o sétimo jogo como visitante, invicto com 3 vitórias – 5 x 2 no Operário, 1 x 0 no Londrina, 4 x 1 no Confiança – e 3 empates (1 x 1 com CSA, 0 x 0 com Remo, 3 x 3 com Cruzeiro). Sem perder há 6 jogos, o Guarani é o segundo com mais vitórias consecutivas (4), depois do líder invicto Náutico (5). O técnico é o ex-volante Daniel Paulista, de 39 anos, campeão brasileiro em 2004 no Santos, e tricampeão pernambucano em 2008-09-10 no Sport.