Único carioca a entrar em campo nesta quarta (6), o Vasco não só pode ficar mais distante dos ameaçados de rebaixamento, mas também dar uma boa ajuda ao Flamengo, se vencer o Palmeiras, no último jogo da noite, em São Januário.Com 39 pontos, o Vasco mantém o décimo primeiro lugar, mas pode cair uma ou duas posições, se perder, e se Fortaleza e Atlético Mineiro, com 36, ganharem, porque ficarão com uma vitória a mais (11 a 10). No turno, em São Paulo, 1 x 1.

LUXEMBURGO – Desde que assumiu no 1 x 1 com o Avaí, em São Januário, será o jogo 21 de Vanderlei Luxemburgo, que ganhou e empatou (7), e perdeu 6. É seu reencontro com o Palmeiras como terceiro técnico da história do clube que mais comandou o time, em 368 jogos, superado apenas por Oswaldo Brandão (585) e Luiz Felipe Scolari (482).

O CURRÍCULO – O time do Vasco está sendo dirigido por um dos técnicos mais laureados.  Luxemburgo foi cinco vezes campeão brasileiro: Palmeiras (93-94), Corinthians (98), Cruzeiro (2003) e Santos (2004); oito vezes campeão paulista: Bragantino (90), Corinthians (2001), Palmeiras (93-94, 96 e 2008), Santos (2006-07), campeão mineiro em 2010 no Atlético e carioca em 2011 no Flamengo.

QUARTA VITÓRIA – Vice-lider, a oito pontos do Flamengo (71 a 63), faltando oito rodadas, o Palmeiras tenta a quarta vitória consecutiva, depois de 2 x 1 no Avaí, 3 x 0 no São Paulo e 1 x 0 no Ceará. Faz o décimo sexto jogo como visitante, com seis vitórias, seis empates (todos 1 x 1) e três derrotas sem marcar: 0 x 2 Ceará e Santos, e 0 x 3 Flamengo.

REABILITAÇÃO – O Vasco tenta voltar a vencer após 1 x 1 com o Ceará, 1 x 3 com o Grêmio e 0 x 0 com o Fluminense. O time ganha mais poder ofensivo com a volta de Rossi, após suspensão. Ele vai atuar mais centralizado, com Bruno Cesar mais pela direita, e Marrony. O jogo é às 21h30m, com arbitragem de Rafael Traci, da Federação Catarinense.