Depois de dois anos, o Vasco voltou a vencer dois jogos consecutivos, o que lhe valeu sair da zona de rebaixamento após nove rodadas do Brasileirão 2019. Com os 2 x 1 sobre o Internacional na sexta-feira passada (7) e com o 1 x 0 sobre o Ceará, na noite de ontem (13), o Vasco saltou do décimo oitavo para o décimo quinto lugar com 9 pontos. Embora só um ponto à frente, o Vasco pode ter mais tranquilidade para se preparar durante o recesso pela Copa América.

GOL DE CABEÇA – Foi do lateral-esquerdo Danilo, de cabeça, aos 35 do segundo tempo, após o escanteio de Valdívia, o gol que tirou o Vasco com o 1 x 0 sobre o Ceará, na noite de ontem (13), em São Januário, diante de mais de 20 mil torcedores, o maior público do estádio na temporada. Mas, ainda assim, não deixou de haver sofrimento. O árbitro levou minutos revisando o lance no árbitro de video, até confirmar, o que provocou a grande explosão dos torcedores nas arquibancadas e sociais.

DANILO BARCELOS, de 27 anos, canhoto, 1,86m, é do Atlético e está emprestado ao Vasco até dezembro de 2019. Mineiro de Coronel Fabriciano, município da região do Vale do Rio Doce, 200 km a sudeste da capital, Danilo começou no América de Belo Horizonte, que defendeu de 2011 a 2016, quando foi comprado pelo Atlético. Sem chance no time, foi duas vezes emprestado à Ponte Preta e, no começo deste ano, ao Vasco, onde se firmou.

VASCO – Fernando Miguel, Pikachu, Oswaldo Henriquez, Ricardo e Danilo; Raul, Andrey (Jairinho) e Marcos Junior; Rossi, Tiago Reis (Valdívia) e Marrony (Lucas). Técnico – Vanderlei Luxmburgo. O Vasco só perdeu um jogo em casa (2 x 1 para o Atlético na estreia). O time terminou a nona rodada com 9 pontos – 2 vitórias, 3 empates, 4 derrotas -, mas ainda com saldo negativo de seis gols (8 a 14). A sequência depois da Copa América será pesada, com dois jogos fora do Rio – Grêmio e Palmeiras – e o clássico com o Fluminense.

CEARÁ – Diogo Silva, Samuel Xavier, Valdo, Luis Otávio e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Fernando Sobral e Tiago Galhardo (Felipe Baxola); Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves) e Bergson (Romário Rodrigues). Técnico – Enderson Moreira. Foi a terceira derrota do vice-campeão cearense como visitante. O Ceará terminou a nona rodada em décimo terceiro com 10 pontos – 3 vitórias, 1 empate, 5 derrotas -, mas ainda com saldo de 1 gol (10 x 9). O primeiro jogo após a Copa América será no Rio com o Fluminense.

SEM CARTÃO – Nenhum jogador do Vasco foi advertido com cartão amarelo. O árbitro Flavio Rodrigues de Souza, da Federação Paulista, aplicou cartão em Luis Otávio e Fabinho. R$444.904,00. 18.562 pagantes, em noite de esplendor e festa da grande torcida vascaína em São Januário.

Foto: NAYRA HALM/FOTOARENA / Estadão