Escolha uma Página

NÃO PODE HAVER mais motivação ao time do Vasco, no jogo da noite desta 3ª feira (21), do que a apresentação ao novo técnico Alvaro Pacheco, que acompanhará da tribuna de São Januário a decisão da vaga com o Fortaleza para as oitavas de final da Copa do Brasil. Com outro empate, a decisão será nos pênaltis.

O VASCO TEM UM ponto positivo no retrospecto com o Fortaleza, que não o venceu em oito jogos da Série A em São Januário: cinco derrotas, três empates. O jogo da noite desta 3ª feira (21) será apenas o segundo que disputarão pela Copa do Brasil, depois do 0 x 0 na Arena Castelão, em Fortaleza.

EM SEU ÚLTIMO JOGO, dia 12, em São Januário, o Vasco pôs fim ao jejum de cinco jogos, e ao vencer o Vitória por 2 x 1, saiu do rebaixamento e subiu do 17º ao 13º com 6 pontos, com a segunda vitória no Brasileiro. Foi o penúltimo jogo do técnico Rafael Paiva, que passa o comando do time ao português Alvaro Pacheco.

O FORTALEZA vem de dois 1 x 1, no Castelão com o Botafogo pelo Brasileiro, em que é 11º com 7 pontos, e um dos três invictos do campeonato, com o Atlético Mineiro (7º) e o Criciuma (14º), e na Bombonera com o Boca. O Fortaleza não terá o volante Lucas Sasha e o meia Calebe, contundidos, e o atacante Renato Kayzer, por ter participado da 1ª fase da Copa do Brasil pelo Criciúma.

O VASCO DEVE manter a formação que iniciou o jogo com o Vitória, embora o técnico Rafael Paiva possa trocar o ponta Rossi, de 31 anos, paraense de Prainha, pelo ponta Adson, de 23 anos, goiano de Aruanã, por ser mais direto nas arrancadas e finalizações. 

VASCO – Leo Jardim, João Victor, Maicon, Leo (c) e Lucas Piton; Juan Sforza, Payet e Pablo Galdames; Rossi (Adson), Pablo Vegetti e David Corrêa. Técnico – Rafael Paiva. O Vasco avançou à 3ª fase ao empatar (3 x 3) e eliminar nos pênaltis (4 x 1) o Água Santa, de Diadema, mesorregião do estado de São Paulo. 

FORTALEZA – João Ricardo, Tinga, Kuscevic, Titi e Bruno Pacheco; Zé Welison, Hércules e Pochettino; Pikachu, Machuca e Lucero. Técnico – Juan Pablo Vojvoda. O Fortaleza avançou à 3ª fase ao vencer nos pênaltis (3 x 2) o Retrô, de Camaragibe, município da região metropolitana do Recife. 

Foto: Divulgação