Escolha uma Página

UM DIA DEPOIS DE PERDER o primeiro jogo das semifinais por 1 x 0, reclamando da marcação do pênalti, o Vasco mostrou revolta e indignação, ontem (17), com a decisão do Batalhão Especial de Policiamento em Estádios (Bepe), pela suspensão da venda de ingressos nas bilheterias do Maracanã para o setor Sul, destinado exclusivamente à torcida do clube.

O VASCO MANDOU OFÍCIO ao Batalhão e à Federação de Futebol manifestando contrariedade e repulsa, e solicitando que a venda seja aberta, a fim de não prejudicar o comparecimento de seus torcedores ao segundo jogo, na tarde do próximo domingo (20). Em nota, o Vasco deixa claro que a medida é absurda e não concorda com a decisão do Batalhão.

O VASCO TAMBÉM RESSALTA e esclarece: “O clube não pode concordar com a decisão, que claramente prejudica e dificulta a presença de sua torcida em um setor do estádio que lhe é destinado”. Ainda na nota, o Vasco informa que a venda segue normal online, nas bilheterias de São Januário e nas lojas Gigante da Colina”.

O TÉCNICO JOSÉ ROBERTO Mannarino e os jogadores voltaram a dizer que “o Vasco só perdeu o primeiro jogo, mas tem condições de reverter a situação, ganhando domingo pela diferença de dois gols de que precisa para ser finalista”. O treinador não antecipou mudança na equipe, mas garantiu que “o Vasco está vivo e confiante em conseguir a vaga na decisão”.

O PALMEIRAS é um dos maiores parceiros e aliados do Vasco e a vitória da noite de ontem (17) sobre o Corinthians por 2 x 1 na 6ª rodada do Paulistão, foi bem recebida por muitos vascaínos que acompanharam o jogo no Allianz Parque. Raphael Veiga e Danilo fizeram os gols do Palmeiras, e Roger Guedes marcou o gol do Corinthians.

FOI A TERCEIRA DERROTA do Corinthians em clássicos em 2022, depois de 1 x 0 para o São Paulo e 2 x 1 para o Santos. A última vez que o Corinthians perdeu os três clássicos paulistas da primeira fase, havia sido em 2007, derrotado por 3 x 1 pelo São Paulo, 2 x 1 pelo Santos e 3 x 0 pelo Palmeiras.

NO FINAL DE PALMEIRAS 2 x 1 CORINTHIANS foi ouvido um comentário no Allianz Parque de que o técnico Abel Ferreira assumirá o Benfica na temporada 2022-23. O treinador tem contrato com o bicampeão da Libertadores até dezembro, e o Palmeiras renova a confiança em que continuará no clube em 2023.

Foto: Antonio Scorza