O VASCO VENCEU O BANGU POR 2 x 0, na noite desta 5ª feira (17), no estádio de São Januário, com os gols de Raniel (4º) e Nenê  (5º), vice e artilheiro do Campeonato Carioca 2022, depois de sair vaiado para o intervalo, por má atuação no 0 x 0 do 1º tempo. Iguais em pontos (16), vitórias (5), empate (1), derrota (1) e no saldo de gols (7), o Vasco é 3º por ter mais um gol marcado (14 a 13) que o Botafogo, 4º lugar. 

FOI A 5ª VITÓRIA DO VASCO, 2ª sem sofrer gol, reabilitando-se da perda da invencibilidade para o Botafogo por 1 x 0, na noite do último domingo (13), em São Luis do Maranhão. Com passe primoroso de calcanhar de Nenê, Raniel fez 1 x 0 de pé esquerdo aos 15 e sofreu a falta de Daniel Dias, que Nenê converteu com categoria, aos 20 minutos, isolando-se com 5 gols como artilheiro do campeonato. 

O VASCO TEM 16 PONTOS, menos 2 que o Fluminense, líder com 18, e igual ao vice-líder Flamengo também nos gols marcados (14) e só com menos saldo de gols (10 a 7). O Vasco fez 14 e sofreu 7 e o Flamengo marcou 14 e sofreu 4. O Botafogo caiu para o 4º lugar por menos um gol (13) que Vasco e Flamengo. Dos quatro primeiros, o Fluminense tem a defesa menos vazada (2), mas só marcou 7 gols.

O TIME DA 5ª VITÓRIA DO VASCO: Thiago Rodrigues, Weverton, Luis Cangá, Anderson e Riquelme (Edimar, 30 do 2º tempo); Mateus Barbosa (Laranjeira, 43 do 2º tempo), Juninho (Galarza, 36 do 2º tempo), Bruno Nazario e Nenê (Isaque, 44 do 2º tempo); Gabriel Pec e Raniel (Getulio, 30 do 2º tempo). Na 8ª rodada, o Vasco jogará domingo (20) com o Audax, de Angra dos Reis, em Volta Redonda.

DEPOIS DA ÚNICA VITÓRIA, 1 x 0 no Fluminense, na estreia, o Bangu entrou em declínio, sofreu a 3ª derrota e chegou ao 5º jogo sem fazer gol: 0 x 2 Botafogo, 0 x 1 Portuguesa, 0 x 0 Madureira e Resende. O último foi no 1 x 1 com o Volta Redonda. Antes do jogo, o técnico Felipe recebeu a camisa do Vasco, com a qual foi campeão carioca e da Libertadores em 98; brasileiro em 97 e 2000, e da Copa do Brasil 2011.

QUATRO CARTÕES – Boa atuação do árbitro Tarciso Caetano, que advertiu com cartão amarelo o lateral Wisney, o zagueiro Israel e o atacante Daniel Dias, do Bangu. O único advertido do Vasco foi o meia Juninho. Vasco 2 x 0 Bangu, com R$169.120,00, e 5.735 pagantes em São Januário. O meia Nenê, com uma bela assistência e um gol de categoria de falta, foi o mais aplaudido ao ser substituído.

Foto: Lance!