Escolha uma Página

DEPOIS DE PEDRO RAUL, artilheiro do Goiás e vice-artilheiro do Brasileiro de 2022, o Vasco vai comprar outro homem-gol: Lelê, artilheiro do Volta Redonda e do Carioca de 2023, com sete gols em sete jogos. Ele já fez gol no Vasco (2 x 1); no Fluminense (1 x 0), e no Botafogo (1 x 2), e 4ª feira (15), quer fazer também no Flamengo.

LELÊ TEM 25 ANOS, libriano de 1 de outubro de 1997, nasceu Manguinhos, bairro de alto índice de violência na Zona Norte do Rio, e despontou em 2013 no projeto Fábrica de Talentos Furacão, criado por Jairzinho, único do mundo a fazer gol em todos os jogos de uma Copa, a terceira que o Brasil ganhou, em 1970 no México.

O VASCO ESTÁ FINALIZANDO a negociação com o Itaboraí Profute, clube fundado em 4 de junho de 2004 na região metropolitana, e que passou a ter sede em Mesquita, na Baixada fluminense, ao fazer parceria em 2017 com a Associação Atlética Volantes, mas voltou a ser Itaboraí Profute FC em 2020.

LELÊ, APELIDO DE LEANDERSON da Silva Genesio, se vê mais parecido com Tiquinho Soares, “ele se movimenta muito, e faz o facão, da esquerda para o meio, chutando sempre forte”, do que com o futuro companheiro: “Vejo o Pedro Raul mais centroavante, ainda que ele não seja tão fixo quanto outros da posição”.

LELÊ SE SENTIU PRESSIONADO, após os dois gols de Cano, mas não perde o otimismo: “É uma disputa saudável e limpa, e não só o Cano, mas outros, como o Pedro, o Gabriel, o Tiquinho, também querem a artilharia”. Ele diz que não imita o L do Cano porque já via o Griezmann, ainda no tempo do Barcelona, comemorar  assim.

A SITUAÇÃO DO VASCO é incômoda, após a nona derrota consecutiva em clássicos, sendo oito sem fazer gol. 6º com 11 pontos, 3 vitórias, 2 empates, 2 derrotas e saldo de 6 gols (11 a 5), o Vasco faz confronto direto com o Botafogo, com 16 pontos, 5 vitórias e saldo de 9 gols (11 a 2), como última chance no quadrangular.

O VASCO VAI VOLTAR a Brasilia dia 23, 5ª feira após o Carnaval, para o jogo da primeira fase da Copa do Brasil com o Trem, de Macapá, capital do estado do Amapá. De acordo com o regulamento, o Vasco terá a vantagem do empate para se classificar à segunda fase do segundo torneio mais importante do futebol brasileiro.

Foto: Foco Regional e É o Time do Povo