Escolha uma Página

A DESEMBARGADORA LÚCIA REGINA ESTEVES, da 15ª Vara Cível do Estado do Rio de Janeiro, negou o recurso do Flamengo, que tentou impedir o Vasco de jogar domingo (3), com o Sport Club Recife, no Maracanã, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A decisão do juiz Alessandro Felix Oliveira, da 51ª Vara Cível, foi mantida. O Vasco esgotou os ingressos em apenas seis horas.

A PERDA DA INVENCIBILIDADE para o Novorizontino, na noite de 4ª feira (29), no interior paulista, não diminuiu em nada o interesse do torcedor vascaíno, empenhado em continuar apoiando o time vice-líder na campanha pela volta triunfal à Série A em 2023. O Vasco está a 4 pontos do líder Cruzeiro, e com vantagem de 2 pontos sobre o Bahia, 3º com 28, e 5 pontos sobre o Grêmio, 4º com 25 pontos.

O SPORT, 5º COLOCADO COM 21 PONTOS, menos 9 que o Vasco, sofreu a 4ª derrota, 4ª (29), por 2 x 1 para o Cruzeiro, no Mineirão. O Vasco tem mais três vitórias que o Sport (8 a 5), e saldo superior de gols (9 a 2), com 16 marcados e 7 sofridos, enquanto o Sport marcou 10 e sofreu 8. Será o 14º jogo entre os times pelo Brasileiro, com vantagem do Vasco de três vitórias (7 a 4), e 2 empates.

O PREFEITO EDUARDO PAES, torcedor do Vasco, disse que ainda não marcou encontro com dirigentes do Flamengo, que pretendem uma área para construir o estádio. O Flamengo fez referência à área do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, Zona Leste da cidade, mas o prefeito disse que “a prefeitura não tem como ceder por se tratar de um patrimônio privado”.

Foto: Esportes R7