Escolha uma Página

O ATLÉTICO estreou a camisa dourada, voltou a fazer três gols depois de cinco meses, e com 3 x 0 sobre o Cuiabá, na noite de ontem (10), se despediu da torcida em 2022 no Mineirão, só precisando do empate com o Corinthians, como visitante, na última rodada, domingo (13), para garantir pelo menos a vaga na fase preliminar da Libertadores. 

O ATLÉTICO abriu o placar logo aos 4 minutos, com o gol do atacante baiano Keno, que fez o segundo aos 45, com assistência do atacante chileno Eduardo Vargas, que marcou o terceiro gol aos 11 do 2º tempo. 7º com 55 pontos, o Atlético entra na fase de grupos da Libertadores, se vencer o Corinthians, e o Athletico Paranaense, em casa, não ganhar do Botafogo, na rodada final do próximo domingo (13).

ANTES DO JOGO, o Atlético homenageou o atacante Hulk, que se recupera de problema muscular e só volta a jogar em 2023. Ele recebeu um troféu por ter sido o principal artilheiro do Mineirão em 2022, com 19 gols. O técnico Cuca viu a faixa na parte inferior da arquibancada “Cuca, o maior, obrigado”, mas continua magoado por ter sido chamado de mercenário após a derrota para o Botafogo: “Doeu muito”. A renovação do contrato dele permanece indefinida.

A CAMISA DOURADA, que o Atlético usou pela primeira vez no jogo da noite de ontem (10), é uma homenagem às vítimas do Holocausto, genocídio nazista entre 1933 e 1945, que matou cerca de seis milhões de judeus. Além das duas outras tradicionais, a alvinegra e a toda branca, o clube ainda não tem previsão de quando lançará a camisa toda preta com escudo retrô.

FOI A 14ª VITÓRIA do Atlético, 8ª em 19 jogos no Mineirão, 6ª sem sofrer gol, depois de 5 empates e 6 derrotas, 3 sem fazer gol. Como mandante, marcou 25 gols e sofreu 18. O Atlético impôs ao Cuiabá a 17ª derrota, 12ª como visitante, 8ª sem fazer gol. O time mato-grossense só conseguiu fora de Cuiabá 3 empates, todos em 1 x 1, e 4 vitórias, sem sofrer gol em 3. Com o técnico português Antonio Oliveira suspenso, a equipe foi orientada pelo assistente Bruno Lazaroni.

O TIME DA ÚLTIMA VITÓRIA de 2022 no Mineirão: Everson, Mariano, Jemerson, Rever (c) e Dodô (Rubens); Otávio, Jair (Calebe), Zaracho (Pavon) e Nacho Fernandez; Keno (Ademir) e Eduardo Vargas. Atlético Mineiro 3 x 0 Cuiabá registrou R$738.279,75.  28.824 pagantes. O último jogo em que o Atlético havia feito três gols foi na virada sobre o Fortaleza por 3 x 2, no Mineirão, em 25 de junho, na 15ª rodada.

Foto: LANCE!