Escolha uma Página

MARROQUINOS FANÁTICOS pelo Real Madrid, que exibiam faixas com o escudo do clube, fizeram uma homenagem diferente, aos 20 minutos, gritando bem alto, em coro, o nome de Vinicius Junior, que joga com a camisa 20. Ao marcar o 1º gol, aos 42 minutos, o atacante chegou perto dos torcedores e agradeceu batendo palmas.

AO ABRIR O PLACAR, aos 42 do 1º tempo, Vinicius Junior tornou-se o mais jovem do Real Madrid a marcar gol no século XXI, aos 22 anos e 211 dias, e o terceiro brasileiro com 50 gols, depois de Roberto Carlos (68) e Ronaldo Fenômeno (104). Vinicius Junior é o artilheiro do time na temporada 2022-23: 14 gols em 32 jogos.

OS 50 GOLS DE VINICIUS Junior pelo Real Madrid estão assim distribuídos: 31 pelo Campeonato Espanhol; 12 na Liga dos Campeões; 5 na Copa do Rei; 1 na Supercopa da Espanha, e o 1º da goleada de 4 x 1 desta 4ª feira ( 8 ) no Al-Ahly. Ele é o 14º do Real Madrid a marcar gol no Mundial de clubes. 

LA LIGA, ORGANIZADORA do Campeonato Espanhol, criou uma comissão especial para resolver de vez o problema dos ataques racistas a Vinicius Junior: “Não podemos ter um jogador insultado em todos os estádios” – disse o advogado Javier Tebas Medina, de 60 anos, eleito pela terceira vez presidente de La Liga.

O PRESIDENTE DE LA LIGA antecipou que “quando o Real Madrid voltar ao campeonato, nossos observadores estarão em pontos estratégicos dos estádios, com agentes de segurança, que tomarão as medidas cabíveis”. Javier Tebas repetiu que “nenhum jogador pode ser insultado da forma como Vinicius vem sendo”.

FLORENTINO PEREZ, de 75 anos, engenheiro civil e presidente do Real Madrid desde 2000, almoçou com a equipe e conversou à parte com Vinicius Junior, antes da saída para o estádio. Depois da goleada de 4 x 1 no Al-Ahly, o atacante mostrava-se ainda mais descontraído. Bom dizer: a fortuna pessoal do presidente é avaliada em cinco milhões de dólares.

NOVE ANOS APÓS VENCER o San Lorenzo por 2 x 0, gols de Sergio Ramos e Gareth Bale, na decisão de 2014, Carlo Ancelotti pode ganhar o 2º Mundial de clubes pelo Real Madrid. Ele recebeu a visita do técnico Walid Regragui, que lhe deu de presente a camisa 4 da seleção do Marrocos, 4º lugar na Copa do Mundo de 2022.

O ATACANTE RODRYGO, ex-Santos, terceiro artilheiro do Real Madrid, depois de Benzema e Vinicius Junior, pediu apoio aos Médicos sem Fronteiras na ajuda às vítimas do terremoto na Síria e Turquia. Rodrygo disse emocionado: “Nossos corações e nossas orações estão com vocês, irmãos turcos e sírios”.

O MEIA E PONTA uruguaio Federico Valverde, autor do 2º gol, ao comentar sobre os muitos problemas fisicos do Real Madrid, mostrou certa revolta: “É o futebol moderno, agora jogado de três em três dias, emendando uma competição na outra, sem respeitar a integridade fisica e o desgaste do profissional”.

Foto: IG Esporte e OkDiario