Escolha uma Página

Com a virada da noite de ontem (26) sobre o Tombense – 2 x 1 no Mineirão -, o Atlético só precisa do empate no próximo domingo (30) para ganhar pela quadragésima quinta vez o título de campeão mineiro. Os gols foram marcados no primeiro tempo, com Rubens convertendo o pênalti que sofreu de Junior Alonso, aos 18, e Eduardo Sasha, empatando aos 20, após rebote do goleiro Felipe. Aos 52 minutos, Keno deu a vitória ao Atlético, com seu primeiro gol em nove jogos.

ATLÉTICO – Rafael, Guga (Mariano), Rever, Junior Alonso e Arana; Jair e Hyoran (Bruno Silva); Savarino (Marquinhos), Keno, Marrony (Allan Franco) e Eduardo Sasha (Allan). Técnico – Jorge Sampaoli. O jogo do próximo domingo (30) será também no Mineirão.TOMBENSE – Felipe, David (Da Silva), Admilton, Mateus e João Paulo; Rodrigo (Lucas Falcão), Serginho (Ramon) e Ibson; Marquinhos (Gabriel Lima), Ortega e Rubens (Maycon Douglas). Técnico – Eugenio Souza.

CARTÕES – O árbitro Marco Aurelio Ferreira, de 33 anos, da Federação Mineira, teve atuação correta. Consultou o VAR antes de autorizar a cobrança do pênalti que Junior Alonso, zagueiro do Atlético, cometeu no atacante Rubens. Advertiu com cartão amarelo os meias Jair e Hyron, do Atlético, e o volante Rodrigo e o atacante Marquinhos, do Tombense.

Foto: O Tempo