A quatro dias do superclássico com o Barcelona, que pode abrir cinco pontos de vantagem para ganhar o tricampeonato espanhol, o Real Madrid levou virada (2 x 1) do Manchester City, na noite desta quarta (26), diante de 75.615 torcedores em seu estádio Santiago Bernabeu, e para passar às quartas de final da Liga dos Campeões terá que ganhar por dois gols o jogo de volta, dia 17 de março, no Etihad Stadium, em Manchester.

CINCO BRASILEIROS – Como em Lyon 1 x 0 Juventus, cinco brasileiros também em campo em Real Madrid 1 x 2 Manchester City, todos com participação muito boa, a começar pela de Vinícius Júnior, com belo passe entre os zagueiros, para o espanhol Isco fazer 1 x 0 aos 15 do segundo tempo. A virada foi em cinco minutos: Gabriel Jesus empatou de cabeça aos 32, e o meia belga KevinDe Bruyne, de pênalti, marcou o gol da vitória do City aos 37.

O GOLEIRO EDERSON, suplente de Alisson, do Liverpool, na seleção brasileira, fez boas defesas, mas em um rebote deu a chance de Vinícius Júnior marcar aos 32 do primeiro tempo, porém o atacante escorregou na pequena área. Antes, aos 21, Gabriel Jesus obrigou o goleiro belga Courtois à defesa mais difícil do primeiro tempo, depois de limpar o lance, com um drible no zagueiro francês Raphael Varane, para finalizar de pé direito. O volante Casemiro, do Real Madrid, teve boa atuação.

FERNANDINHO – No Manchester City desde 2013, com mais de 300 jogos, o paranaense Fernandinho, de 34 anos, só entrou aos 33 do primeiro tempo, porque o zagueiro francês Aymeric Laporte, de 25 anos, sentiu o músculo da coxa. Opção do técnico Guardiola na zaga e no meio-campo, Fernandinho manteve a firmeza da defesa, ao lado do argentino Nicolás Otamendi, de 32 anos, desde 2015 no clube com mais de 200 jogos.

EXPULSÃO – O Real Madrid terminou com 10. Sergio Ramos, zagueiro e capitão do time, foi expulso aos 41 minutos, ao derrubar Gabriel Jesus, que poderia fazer o terceiro gol, quase na linha da grande área. Daniele Orsato, da Federação Italiana, acertou na expulsão, e nos cartões amarelos aplicados em Valverde e Modric, do Real Madrid, e no lateral Mendy, que desfalcará o City no jogo de volta.

ERRO NO GOL – O árbitro errou no lance do primeiro gol do Manchester City, ao deixar de marcar falta de Gabriel Jesus, que antes de cabecear, empurrou pelas costas o zagueiro Sergio Ramos. Todos da defesa reclamaram, mas o árbitro confirmou o gol e não houve interferência do VAR. O Real Madrid usou seu primeiro uniforme, todo branco. O City, habitualmente de azul, utilizou uniforme preto.

COINCIDÊNCIA – Na virada (2 x 1) do Manchester City sobre o Real Madrid, os dois laterais-esquerdos com o mesmo sobrenome, ambos franceses. O do Real Madrid, Ferland Mendy, de 24 anos, 1,80m, comprado em 2019 do Lyon. O do Manchester City, Benjamin Mendy, de 25 anos, 1,85m, comprado em 2017 do Mônaco.

8 JOGOS, 19 GOLS – Nos oito jogos de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, sem 0 x 0, foram marcados dezenove gols, média de 2.37 gols por jogo. A virada de 2 x 1 do City sobre o Real Madrid foi a terceira vitória de visitante, depois de Tottenham 0 x 1 Leipzig e Chelsea 0 x 3 Bayern. Em oito jogos, só quatro mandantes venceram: Dortmund 2 x 1 PSG, Atlético de Madrid 1 x 0 Liverpool, Lyon 1 x 0 Juventus e Atalanta 4 x 1 Valencia. Único empate: Napoli 1 x 1 Barcelona.

Foto: David Ramos/Getty Images