Escolha uma Página

O ATLÉTICO MINEIRO subiu quatro posições e se manteve como único invicto, com 13 pontos, com a virada sobre o Bragantino por 2 x 1, na noite desta 3ª feira (11), no único jogo da abertura da 8ª rodada decidido no 1º tempo, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, a 90 km da capital.

COM BELO GOL, no ângulo, o meia Lucas Evangelista abriu o placar aos 25 minutos. O Atlético teve reação rápida, mas só conseguiu a virada no final do 1º tempo, com o meia argentino Zaracho, aos 42, e o atacante carioca Paulinho, ex-Vasco, aos 44. O Atlético fechará a 9ª rodada, em casa, com o Palmeiras, na próxima 2ª (17).

O TIME DA VIRADA: Everson, Saravia, Bruno Fuchs e Rômulo (Maurício Lemos); Battaglia, Zaracho (Igor Rabelo), Igor Gomes e Gustavo Scarpa; Alisson (Pedrinho), Paulinho e Cadu (Palacios). Técnico – Gabriel Milito. O Atlético tem 13 pontos, 3 vitórias, 4 empates, saldo de 7 gols (12 a 5). O Bragantino é 7º com 12 pontos.

O ATLÉTICO, com 13 pontos, pode ser ultrapassado por quatro com 10 pontos, se amanhã (13) o Palmeiras, seu próximo adversário, vencer o Vasco; o Internacional vencer o São Paulo; o Cruzeiro vencer o Cuiabá, e o Fortaleza vencer o Bahia.

VITÓRIA CONTINUA SEM VENCER

O VITÓRIA, único sem vencer em oito rodadas da Série A de 2024, só empatou com o Juventude (1 x 1), na visita da noite desta 3ª feira (11) ao estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, na Serra gaúcha. O zagueiro paulista Rodrigo Sam fez de cabeça o gol do Juventude aos 34, e o volante paulista Willian Oliveira empatou aos 42.

OS TIMES TENTARAM a vitória na volta do intervalo, mas não conseguiram mudar o placar, que manteve o Vitória, do técnico Tiago Carpini, ex-São Paulo, em 20º com 3 pontos e saldo negativo de 8 gols (6 a 14), e o Juventude, do técnico Roger Machado, em 12º com 10 pontos, 2 vitórias e saldo negativo de 1 gol (8 a 9).

GOIÁS PERDE CHANCE DE SER LÍDER

NO COMPLEMENTO da 9ª rodada da Série B, o Goiás perdeu a chance de assumir a liderança, ao ser derrotado pelo Mirassol por 1 x 0, gol de cabeça do atacante paulista Dellatorre, de cabeça, aos 20 minutos do 2º tempo, na noite desta 3ª feira (11), no estádio José Maia, em Mirassol, no interior paulista. Dellatorre foi expulso, por reclamação, antes de o árbitro Yuri Cruz rever o lance no VAR.

O MIRASSOL teve outro atacante expulso, Fernandinho, aos 29 do 1º tempo, mas soube se impor diante de um Goiás em noite irreconhecível. Com a 5ª vitória, o Mirassol subiu ao 3º lugar, com 17 pontos, mas o Goiás se manteve vice-líder pelo saldo de gols (11 a 5). O líder é o América Mineiro com 18 pontos.

Fotos: Pedro Souza / Atlético