Escolha uma Página

COM A VIRADA MENTIROSA sobre a Venezuela por 2 x 1, na noite desta 5ª feira ( 8 ), no estádio Brígido Iriarte, em Caracas, a seleção brasileira decide a vaga nos Jogos Olímpicos de Paris – 26 de julho a 11 de agosto -, precisando do empate com a Argentina, na noite do próximo domingo (11).

ATUAL BICAMPEÃO OLÍMPICO, o Brasil está em 2º no pré-Olímpico, com 3 pontos, e ainda corre o risco de não se classificar, se perder. O Paraguai lidera com 4 pontos e joga na última rodada com a Venezuela, em último e sem ponto. A Argentina está em 3º com 2 pontos e precisa vencer o Brasil para confirmar a vaga.

VENEZUELA E BRASIL só melhoraram um pouco na volta do intervalo, quando marcaram os gols. O meia paulista Mauricio, de 22 anos, do Internacional, abriu o placar aos 13, e também de pé esquerdo, o meia Jovanny Bolívar, de 22 anos, empatou aos 22. Daí em diante o Brasil foi obrigado a recuar e só contra-atacou.l

A VENEZUELA acertou o travessão em chute de Riascos, que o zagueiro Artur salvou sobre a linha aos 35, e teve gol anulado do meia Martin Lacava, de 22 anos, do Vizela, lanterna da Série A de Portugal, porque Riascos atrapalhou a visão do goleiro Micael, como decidiu o árbitro boliviano Gery Vargas, após a revisão no VAR.

O BRASIL CONSEGUIU a virada aos 43 minutos, com o gol do meia Guilherme Biro, de 19 anos, do Corinthians, após boa assistência de Endrick, apagado na maior parte do jogo. Nos cinco minutos de acréscimos a seleção brasileira, que voltou a jogar mal, só se defendeu para garantir a vitória, que a mantém com chance de vaga.

A SELEÇÃO DO TÉCNICO Ramon Menezes: Micael, Khellven, Artur, Fasson e Alexsander (Ronald); Andrey (cap), Gabriel Pirani (Bruno Gomes) e Gabriel Pec (Rikelme); Mauricio (Guilherme Biro), Endrick e Kennedy (Marquinhos). Na estreia do quadrangular final, o Brasil havia perdido para o Paraguai (1 x 0).

ANTES DE BRASIL 2 x 1 VENEZUELA, Paraguai e Argentina empataram em jogo eletrizante de seis gols. Pablo Solari, logo aos 3 minutos, abriu o placar, e Diego Gomez, de falta, empatou aos 40 para o Paraguai, que fez a virada aos 25 do 2º tempo com Alan Nuñez.

A ARGENTINA VOLTOU a empatar, com o gol de pênalti de Thiago Almada, aos 38, tornando-se artilheiro do torneio, junto com o uruguaio Luciano Rodriguez, com 5. O Paraguai parecia com a vitória certa, com o gol de Enzo Gonzalez aos 45, mas a Argentina teve forças e empatou nos acréscimos com Federico Redondo aos 49.

AS DUAS VAGAS para os Jogos Olímpicos de 2024 em Paris serão decididas na noite do próximo domingo (11), com os jogos começando no mesmo horário: 20 horas, Venezuela (eliminada) x Paraguai e Brasil x Argentina, que deve confirmar a tensão e o nervosismo do maior clássico das Américas.

Fotos: Bem Paraná e UOL Esportes