O ATLÉTICO GOIANIENSE, dirigido pelo técnico carioca Jorginho, lateral campeão da Copa do Mundo de 94, começou bem nas quartas de final da Copa Sul-Americana, ao vencer por 1 x 0 o Nacional, do Uruguai, na volta do atacante Luis Suarez, depois de 16 anos na Europa, na noite desta 3ª (2), no Parque Central, em Montevidéu.

O GOL FOI DO PONTA LUIZ FERNANDO, aos 23 minutos do 1º tempo, e o Atlético se classificará às semifinais com o empate no jogo de volta, na próxima 3ª (9), no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Luiz Fernando, de 25 anos, nasceu no estado do Tocantins e foi campeão brasileiro da Série B de 2016 com o Dragão goiano.

QUEM NÃO TEVE SORTE foi o goleiro Ronaldo,  de 25 anos, um dia após renovar contrato até 2025, depois de se firmar com 30 atuações muito boas. Ele sofreu luxação no ombro direito, aos 22 minutos do 1º tempo, depois de duas defesas difíceis, caindo de mau jeito. 

O SUBSTITUTO RENAN correspondeu, destacando-se no 2º tempo, quando o Nacional exerceu amplo domínio, mantendo o Atlético Goianiense no próprio campo. Em um dos poucos ataques, o time goiano esteve perto do segundo gol, em finalização do argentino Diego Churin, emprestado pelo Grêmio.

O ATLÉTICO GOIANIENSE mostra o lado do contraste do futebol. O time que continua fazendo boa campanha na Copa Sul-Americana, está sob ameaça de rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro, em penúltimo lugar, com 17 dos 60 pontos disputados, só 4 vitórias em 20 jogos e saldo negativo de 13 gols (19 a 32).

                                           CONFRONTO BRASILEIRO

O SÃO PAULO RECEBE O CEARÁ, no confronto brasileiro das quartas de final da Sul-Americana, na noite desta 4ª feira (3), no Morumbi, onde terá o apoio de quase 50 mil torcedores. O Ceará é o único com 100% de aproveitamento, daí a vantagem do 2º jogo em casa. O vencedor irá às semifinais com Atlético Goianiense ou Nacional.

O INTERNACIONAL será visitante no primeiro jogo com o Melgar, 6º do Campeonato Peruano, na noite desta 4ª (3), no estádio Virgen di Chapi, em Arequipa, no Sul do Peru, a 1.012 km da capital Lima. O jogo de volta será em Porto Alegre e o vencedor disputará as semifinais provavelmente com o Del Valle, do Equador, que venceu o Deportivo Tachira por 1 x 0, na noite desta  3ª feira (2), na Venezuela.

Foto: Raúl Martínez/EFE / Pablo Porciuncula/AFP