Escolha uma Página

DIANTE DE 55 MIL TORCEDORES, em mais uma festa esplendorosa na noite de ontem (25), na Arena Castelão, o Fortaleza manteve 100% de aproveitamento e se consolidou na liderança do Grupo D da Copa Sul-Americana, ao vencer o Boca Juniors por 4 x 2, no histórico primeiro jogo entre os times.

O ARGENTINO Juan Martin Lucero e o paraense Yago Pikachu, com dois gols cada, foram os destaques da noite. Lucero abriu o placar logo aos 4 minutos, e o Boca empatou aos 21 com o atacante uruguaio Miguel Merentiel. Na volta do intervalo, o Fortaleza chegou à goleada em 12 minutos.

LUCERO fez o segundo aos 6 e Pikachu marcou o 3º aos 10 e o 4º aos 18 minutos. O segundo gol do Boca foi do meia argentino Kevin Zenon, de 22 anos, de fora da área. O árbitro colombiano Wilmar Roldan teve boa atuação. R$1.730.268,00. 53.428 pagantes, em noite de 28 graus, com sensação térmica de 34.

O FORTALEZA da vitória histórica sobre o Boca: João Ricardo, Pikachu, Cardona (Titi), Brítez e Bruno Pacheco; Zé Welison (Lucas Sasha), Pedro Augusto, Hércules (Emiliano Martinez) e Pochettino, com três belas assistências; Lucero (Renato Kayzer) e Machuca (Moisés). Técnico – Juan Pablo Vojvoda.

INTERNACIONAL VENCE NO EQUADOR

NO ÚLTIMO JOGO da noite de ontem (25), o Internacional venceu o Delfin por 2 x 1, no estádio Jocay, da cidade portuária de Manta, a 380 km de Quito, capital do Equador. O atacante baiano Wesley fez 1 x 0 aos 35, e no 2º tempo, o atacante colombiano Rafael Borré marcou o 2º gol aos 7. Um minuto depois, o atacante equatoriano Luis Castro fez o gol do Delfin.

FOI A PRIMEIRA VITÓRIA do Internacional, do técnico argentino Eduardo Coudet, com 5 pontos em três rodadas – uma vitória e dois empates -, empatado com o Belgrano, da Argentina, que lidera o C da Copa Sul-Americana por ter mais um gol que o Internacional (3 a 2).

Foto: Vinicius-PalhetaFortaleza-EC e O Povo