Escolha uma Página

O ESPORTE CLUBE VITÓRIA lançará 3ª feira (21) a camisa comemorativa de campeão brasileiro de 2023 da Série B, que ganhou com antecedência de duas rodadas, na noite de ontem (14), após o 1 x 1 entre Guarani e Criciúma, único que poderia alcançá-lo, se houvesse vencido. A festa do primeiro título nacional de relevância da história de 124 anos do clube (13/5/1899), será sábado (18), no jogo com o Sport, com a lotação de 30 mil lugares do estádio Barradão esgotada.

O CAMPEÃO VITÓRIA lidera com 69 pontos, 21 vitórias, saldo de 20 gols (48 a 28). O vice-líder Criciúma tem 61 pontos, 18 vitórias, e jogará em casa com Botafogo de Ribeirão Preto e fora com Novorizontino; o Juventude, 3º com 61 pontos, 17 vitórias, em casa com a Ponte Preta e fora com Ceará; o Atletico Goianiense tem 61 pontos, 16 vitórias, fora com Mirassol e em casa com Guarani, e o Sport, 5º, 60 pontos, 16 vitórias, fora com Vitória e em casa com Sampaio Corrêa.

O CAMPEÃO VITÓRIA é dirigido por Leonardo Condé, de 45 anos, natural de Piau, município de 155 anos, a 258 km de Belo Horizonte, onde na segunda semana de julho se realiza a tradicional Festa da Banana, das mais bonitas e concorridas da Zona da Mata mineira. É o quarto título do técnico, campeão mineiro e paulista do interior, com Caldense (2015) e Novorizontino (2021); alagoano com o CRB (2017) e maranhense com o Sampaio Corrêa (2020 e 2022).

AUTÊNTICO METEORO, o Vitória saiu da Série C para a Série B em 2022, ganhou a Série B por antecipação em 2023, e em 2024 estará entre os 20 da elite da Série A do Campeonato Brasileiro. Depois dos dois primeiros rebaixamentos, jogando no estádio da Fonte Nova, em 1982 e 1991, o Vitória sofreu mais seis rebaixamentos à Série B, jogando em seu estádio Manoel Barradas, o Barradão, em 2004, 2005, 2010, 2014, 2018 e 2021. A força da torcida levou o time de volta à Série A.

O VITÓRIA GANHARÁ R$2.500 mil da CBF pelo título brasileiro de 2023 da Série B, além do aumento expressivo de 600% de sócios, que eram 4.500 em 2022, com o time na Série C, e deu um salto para 31 mil com a subida à Série A em 2024. O Vitória foi o único clube do Nordeste a apresentar balanço com superávit em 2023, depois de negociar com a Receita Federal a dívida de R$117 milhões.

O PRESIDENTE Fábio Mota, de 53 anos, soteropolitano, como todos os baianos nascidos em Salvador, vai receber em 2024 a Comenda Dois de Julho, a mais alta honraria da Assembleia Legislativa da Bahia. A Comenda é concedida no dia 2 de julho, quando se comemora a Independência da Bahia. Fábio Mota é administrador de empresas, advogado, historiador e um dos maiores pecuaristas do estado. O Vitória é 29 vezes campeão baiano e ganhou quatro Copas do Nordeste.

Fotos: Mantos do Futebol, Terra e Forte na Notícia