NEM MESMO A FALTA DO GOL, que o acompanhou durante toda a carreira de artilheiro, foi sentida na bela festa do adeus de Fred, na noite deste sábado, 9 de julho de 2022, a 12 dias dos 120 anos do Fluminense Futebol Clube. Desde que entrou em campo e passou pelo corredor formado em sua honra por jogadores, integrantes da comissão técnica e funcionários do clube, Fred não teve como conter a emoção.

O DELÍRIO DOS QUASE 70 MIL tricolores contagiou Fred, que viu a cada momento um toque especial de carinho dos torcedores, que o deixaram ainda mais emocionado com o mosaico “O Fred vai te pegar”, frase que ele considera a mais expressiva. A imagem primorosa do belo gol de voleio, que marcou em seu último Fla-Flu, exibida no telão, mexeu com seu coração e, discretamente, enxugou as lágrimas.

O SORRISO DE FRED também estava nas máscaras, que milhares de torcedores usaram para homenagear o ídolo. A palavra eterno, sobreposta no alto da arquibancada, também mexeu muito com o emocional de Fred, sensível como todos os que nasceram sob o signo de Virgem. O Hino do Fluminense, tocado pelo pianista clássico Arthur Moreira Lima, tricolor apaixonado, foi outro momento marcante da grande festa.

O FLUMINENSE pensou em tudo o que pudesse fazer Fred lembrar de sua história vitoriosa e marcante no clube. Ao subir ao palco, onde estavam sua mulher Paula e os filhos Geovanna (16 anos); Julia (5) e João Pedro (4), Fred viu as taças dos Campeonatos Brasileiros de 2010 e 2012; a Taça Guanabara e a Taça Rio de 2012 e 2022; a Taça Rio de 2020, e as taças de campeão carioca de 2012 e 2022. Emoção à flor da pele.

FRED ABRIU DE VEZ O CORAÇÃO: “O Fluminense não é apenas um clube modelo de organização. O Fluminense é o clube mais humano que conheci, que me apoiou, que me deu forças para continuar quando passei por momentos difíceis e cheguei a pensar em desistir. Deixo de entrar em campo, de fazer gol, de dar alegria aos tricolores, mas a camisa do Fluminense continuará tatuada no meu peito”.

O JOGO DE DESPEDIDA DE FRED entrou no Top-10 de maiores públicos de 2022 do futebol brasileiro. Com 54.844 pagantes e 67.574 presentes, Fluminense 2 x 1 Ceará superou o Fla-Flu da final do Campeonato Carioca; São Paulo 2 x 1 Corinthians, da final do Campeonato Paulista; Flamengo 1 x 0 Vasco, do Campeonato Carioca, e Flamengo 0 x 1 Botafogo, do Campeonato Brasileiro, em Brasilia.

FRED ENTROU AOS 33 MINUTOS do 2º TEMPO, substituindo o argentino German Cano, que aponta como seu sucessor. O Fluminense já saiu para o intervalo vencendo, com o gol de Cano, aos 39 minutos, que o homenageou com o desenho do coração com as mãos, ao invés do L, do filho Lorenzo. Fred tentou repetir o sábado anterior, quando fez o último gol do 4 x 0 no Corinthians, mas a defesa do Ceará estava atenta.

Foto: Mailson Santana/Fluminense , André Durão