Escolha uma Página
Foto: Marcelo Carroll / Clarín

Em todos os continentes o consenso é de que a Argentina está envergonhando o mundo do futebol, depois de cenas deploráveis de agressão aos jogadores do Boca Juniors na chegada ao estádio do River Plate, no último sábado (24) de novembro, para o que seria o jogo decisivo da Copa Libertadores da América 2018, a última com duas finais. Agora, o impasse continua, sem previsão de solução, ainda que a Confederação Sul-Americana tenha marcado reunião para amanhã (27), a fim de acertar com os clubes o dia e a hora do segundo jogo.

SEM GARANTIA – O presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol, Alejandro Dominguez, não tem nenhuma garantia de que os presidentes Rodolfo D’Onofrio, do River, e Daniel Angelici, do Boca, aprovarão a proposta para que o jogo se realize. Depois de adiar de sábado para ontem (domingo, 26), Dominguez reconheceu não haver clima para River e Boca decidam na Argentina, segundo ele, por absoluta falta de garantia de segurança em torno do evento.

TAÇA E PUNIÇÃO – Enquanto o presidente Alejandro Dominguez reafirma que a taça tem que ser entregue em campo e não na sede da Confederação Sul-Americana, o Boca pede a taça e punição para o River, sem que haja jogo. A pressão foi feita após reunião entre os jogadores Carlos Tevez, Dario Benedetto e Fernando Gago e o técnico Guillermo Schelotto ao presidente do Boca, que reforça o pedido de punição exemplar ao River pelas agressões.

Foto: Jogador Pablo Pérez / Marcelo Carroll

A FIFA E O JOGO – Gianni Infantino, presidente da Fifa, ficou quatro dias em Buenos Aires e voltou ontem (26) à Suíça. Ele negou qualquer interferência, afirmando, com muita firmeza, que a Fifa não punirá os clubes, caso não disputem outro jogo, porque a responsabilidade é da Confederação Sul-Americana. A preocupação de Infantino é com relação à participação do campeão da Libertadores no Mundial de clubes, promovido pela Fifa, em dezembro, nos Emirados Árabes.

MULTA BEM ALTA – Embora não tenha sido em pronunciamento oficial, o Tribunal Disciplinar da Confederação Sul-Americana já se posicionou pela aplicação de multa bem alta ao River Plate. Algumas fontes antecipam que seria em de 400 mil dólares (em torno de 1 milhão e 600 mil reais). Outra fonte também garante que o Tribunal não acatará o pedido para que a taça seja entregue ao Boca, sem jogar.

BRASILEIROS – De acordo com jornais argentinos, houve dois pedidos ao presidente da Confederação Sul-Americana para que a taça seja logo entregue ao Boca. Um, de Romildo Bolzan Jr, presidente do Grêmio; outro, de Luis Felipe Scolari, técnico do Palmeiras, que ontem (25) ganhou o Campeonato Brasileiro. Um assessor do presidente Alejandro Dominguez antecipou que os pedidos não foram levados em consideração.

ROMÁRIO – O ex-goleiro paraguaio José Luis Chilavert, que encerrou a carreira em 95 no Velez Sarsfield, da Argentina, citou Romário como exemplo de combate aos dirigentes corruptos do futebol brasileiro, ao se referir ao presidente da Confederação Sul-Americana: “Dominguez é tesoureiro da Fifa e cúmplice da corrupção que levou Juan Nepout à prisão nos Estados Unidos. O Infantino, presidente da Fifa, também faz parte do grupo de mafiosos do futebol” – afirmou.

OUTRO PROBLEMA – Há mais um problema a exigir definição imediata da Confederação Sul-Americana sobre o jogo. Buenos Aires será sede da reunião do G20, grupo dos ministros de finanças das maiores economias do mundo, de hoje (26), até o próximo domingo (2), e o jogo poderia ser entre 3 e 9. Outro problema: o campeão da Libertadores terá que estar em Abu Dhabi para jogar dia 15 a primeira eliminatória do Mundial de clubes.

UMA SOLUÇÃO – A Confederação Sul-Americana poderia marcar o segundo River x Boca para Abu Dhabi, o que evitaria o desgaste do campeão com a longa viagem após a decisão da Libertadores. O presidente da Sul-Americana está muito pressionado, até mesmo para que o jogo seja em campo neutro e sem público, mas haveria o problema da falta de verba, sem arrecadação, para as despesas e a premiação. Em resumo: um pepino tamanho família para descascar!!!