Escolha uma Página

Uma noite depois da goleada de 5 x 0 do Botafogo no Moto Clube, em São Luis do Maranhão, o Boavista foi o segundo do Rio a se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil, ao vencer (3 x 1) o Goiás, que tinha a vantagem do empate, na noite de ontem (11), no estádio Elcyr Resende, em Bacaxá, distrito de Saquarema, município a 96 km do Rio de Janeiro. Em sua sétima participação, o Boavista já saiu para o intervalo com 2 x 0, gols do zagueiro Vitão aos 18 e do atacante Michel Douglas aos 28.

PÊNALTI – No segundo tempo, o zagueiro gaúcho David Duarte fez o gol do Goiás, mas perdeu a chance do empate na cobrança de pênalti, que o goleiro Ary Oliveira, carioca de 23 anos, defendeu ao espalmar no canto. O terceiro gol foi do atacante paulistano Vitor Feijão, de 24 anos, ex-Paysandu, aos 31 minutos, garantindo a classificação. O próximo adversário do Boavista será o Picos, do Piauí, ou o Atlético, do Acre, que se enfrentarão na próxima quarta (17), no estádio Helvídio Nunes.

BOAVISTA – Ary Oliveira, Gabriel, Vitão, Elivelton e Jean; Ralph (Igor Cesar), Jucilei, Caio (Renan) e Erick Flores; Vitor (Luis Felipe), Marquinhos e Michel (Felipe Augusto). Técnico – Leandro Miranda, de 37 anos, ex-atacante do clube. Com a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil, o Boavista vai receber R$1.250,00. O Goiás, rebaixado pela quinta vez à Série B, foi antepenúltimo do Brasileiro 2020 com nove vitórias em 38 jogos, e eliminado logo na estreia da Copa do Brasil 2021.

CRUZEIRO LEVA SUFOCO – Maior vencedor da Copa do Brasil com seis títulos, o Cruzeiro levou sufoco do São Raimundo, de Roraima, na noite de ontem (11), no estádio Flamarion Vasconcelos, em Rio Branco, e só se classificou porque tinha a vantagem do empate (1 x 1). Depois que o atacante Fininho marcou o gol de cabeça aos 9 minutos, o goleiro Fabio, de 40 anos, 1,89m, evitou que o São Raimundo ampliasse a vantagem, com pelo menos três grandes defesas.

PRIMEIRO GOL – O Cruzeiro melhorou pouco na volta do intervalo, mas conseguiu a classificação aos 9 minutos, com o primeiro gol do atacante mineiro Felipe Augusto, de 29 anos, campeão da Série B e semifinalista da Copa do Brasil 2020 com o América de Belo Horizonte. Felipe Augusto completou com precisão o cruzamento do lateral-direito paraguaio Cáceres, garantindo o Cruzeiro na segunda fase, em que jogará com o América de Natal, que eliminou (2 x 0) o Real Brasília, do Distrito Federal.

LUVERDENSE – Beneficiado pelo empate como visitante, o Luverdense, do Mato Grosso, classificou-se à segunda fase com o 1 x 1 de ontem (11), com o Uberlândia, no Parque do Sabiá, e aguarda o vencedor de Mirassol x Bragantino. Mailson fez o gol do Uberlândia aos 25, e Isaque empatou aos 45 do primeiro tempo. É a nona participação do Luverdense EC, de Lucas do Rio Verde, na Copa do Brasil. Lucas do Rio Verde é um município a 334 km ao Norte da capital Cuiabá.

Foto: Reprodução ge