Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

Último colocado, sem vitória e fora das semifinais da Taça Guanabara, o Botafogo estreará na Copa Sul-Americana na próxima quarta (6), no estádio Nilton Santos, com o Defensa y Justicia, que na noite de ontem (1) passou a dividir a liderança do Campeonato Argentino, com 39 pontos, ao ganhar (2 x 1, de virada, nos acréscimos) do San Martin, no estádio La Ciudadela, em Tucuman, maior cidade do noroeste do país, na abertura da décima sétima rodada.

ÚNICO INVICTO – O Defensa y Justicia é o único invicto dos 26 times e impôs a décima derrota ao San Martin, vigésimo primeiro com 15 pontos, que tem saldo negativo de dez gols (16 x 26). Mas o time de Tucuman saiu para o intervalo com 1 x 0, gol de pênalti de Tino Costa. O empate do Defensa y Justicia só foi conseguido aos 37, quando o zagueiro Oliver Benitez fez gol contra. O árbitro Pablo Echevarria deu cinco minutos de acréscimo, e Nicolás Fernandez fez o gol da virada aos 48.

BOM ALUNO – O técnico do Defensa y Justicia foi lateral-direito sem brilho e logo desistiu da carreira. Depois de oito anos como assistente, os últimos cinco com Jorge Sampaoli, atual técnico do Santos – único 100% no Campeonato Paulista -, Sebastián Beccacece, 38 anos, foi tricampeão com a Universidad de Chile, que também ganhou a Copa Sul-Americana de 2011, sempre em parceria com Sampaoli. Beccacece assumiu o Defensa y Justicia em meados de 2017.

Defensa y Justicia 2 x 1 San Martin

O TIME – Líder e único invicto, o Defensa y Justicia ganhou de virada (2 x 1) do San Martin, em Tucuman, mantendo o time-base dos últimos sete jogos: Luis Unsain, Tripicchio (Castro), Delgado, Barboza e Martinez; Miranda, Blanco e Rojas; Nicolás Fernandez, Ciro Rius e Gaston Togni. O time só deixará a liderança, se o Racing empatar ou ganhar o jogo de amanhã (3) com o Huracan, em seu estádio Presidente Juan Peron, em Buenos Aires. O Racing conta com a volta do atacante Andrés Rios, que estava no Vasco.

MESSI VOLTA – O técnico Lionel Scaloni, 40 anos, assistiu à vitória do Defensa y Justicia e anunciou que a seleção argentina terá a volta de Messi, nos amistosos de fevereiro, dia 22 com a Venezuela e dia 26 com Marrocos, como parte da preparação para a Copa América do meio do ano no Brasil. Scaloni foi lateral e jogou na Europa pelo Deportivo La Coruña, West Ham, Lazio e Atalanta. Fez parte da seleção argentina que disputou a Copa do Mundo de 2006 na Alemanha.