Escolha uma Página

DUAS HORAS DEPOIS de vencer o Volta Redonda por 3 x 0, na noite de ontem (14), no Estádio da Cidadania, o Botafogo ficou sabendo que o Club Aurora, de Cochabamba, terceira maior cidade da Bolívia, eliminou o Melgar, do Peru, e será seu primeiro adversário na segunda fase da Libertadores, na próxima 4ª feira (21).

AURORA x BOTAFOGO será às 21h30min – 20h30min, em Cochabamba -, no estádio Felix Capriles, com 32 mil lugares, onde venceu o Melgar por 1 x 0, e confirmou a classificação com 1 x 1, na noite de ontem (14), no estádio Virgen de Chapi, em Arequipa, no Sul do Peru, a 780 km da capital Lima.

O BOTAFOGO estreará na altitude de 2.560 de Cochabamba, terceira maior cidade da Bolívia, a 378 km da capital La Paz, com reservas de estanho, prata e cobre, e a cidade agrícola mais importante do país. O Club Aurora terminou em 5º entre os 17 do Campeonato Boliviano de 2023, e até hoje só ganhou a 2ª divisão, em 2002.

O AURORA é dirigido por Julio Cesar Baldivieso, ex-meia boliviano de 52 anos, que encerrou a carreira de 14 anos no clube em 2008, quando iniciou a de técnico. Entre 1991 e 2005, fez 85 jogos e 15 gols pela seleção, que defendeu na Copa do Mundo de 1994, e em cinco Copas América, vice-campeão em 1997.

O BOTAFOGO será o segundo brasileiro a jogar com o Aurora, eliminado nas oitavas de final da Copa Sul-Americana de 2011 pelo Vasco, que perdeu com reservas (3 x 1) na Bolívia, e goleou (8 x 3) com equipe mista em São Januário. A camisa nº 1 do Aurora é azul-celeste e branco, e o 2º uniforme, todo branco, o que usou no 1 x 1 da noite de ontem (14) com o Melgar.

O TÉCNICO DO AURORA tornou o filho Maurício Baldivieso, atacante de 12 anos, o mais jovem sul-americano a estrear em jogo do Campeonato Boliviano de 2009 com o La Paz, batendo o recorde do meia Fernando Garcia, que estreou aos 13 anos, em 2001, no Juan Aurich, time da cidade de Chiclayo, no Peru.

O BOTAFOGO VENCEU o Volta Redonda por 3 x 0, com os gols do zagueiro angolano Bastos, de 32 anos, 1,85m, de cabeça, aos 9, após escanteio do ponta venezuelano Savarino, de 27 anos, que marcou o 2º aos 22 minutos. O 3º foi de Junior Santos, aos 42 do 2º tempo, encobrindo o goleiro, após jogada de Eduardo.

O TIME DA 4ª VITÓRIA, que levou o Botafogo ao 3º lugar com 14 pontos, após três jogos sem vencer: Gatito, Mateo Ponte, Bastos, Barboza e Hugo; Marlon (cap), Tchê Tchê (Danilo) e Eduardo; Savarino (Emerson), Tiquinho (Junior Santos) e Victor Sá (Luiz Henrique e depois Janderson, expulso aos 47 do 2º tempo). 

LUIZ HENRIQUE entrou no intervalo, no lugar de Victor Sá, e foi substituído aos 32 minutos por Janderson, após sentir um desconforto na panturrilha, mas estará recuperado para o clássico com o Vasco, domingo (18), no estádio Nilton Santos. O Botafogo, com 14 pontos, só cairá de 3º para 4º, se hoje (15), em casa, o Nova Iguaçu, 4º com 14, ao menos empatar com o Boavista, 6º com 11 pontos.

Foto: Diego Ramos / AFP / CP, OneFootball /Twitter, divulgação