Escolha uma Página

O meia carioca Douglas Luiz, de 22 anos, revelado no Vasco e desde 2017 na Europa, comprado pelo Manchester City, é a novidade na seleção para o jogo da noite de hoje (9), na Arena Corinthians, na estreia das eliminatórias com a Bolívia. Depois de se destacar em sete jogos na sub-20 e em oito na sub-23, ele só havia jogado na seleção principal, em 19 de novembro de 2019, no amistoso em que o Brasil venceu (3 x 0) a Coreia do Sul, em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

DOUGLAS LUIZ foi bem no Campeonato Espanhol 2017-18, emprestado ao modesto Girona para ganhar experiência. Em julho de 2019, liberado pelo técnico Guardiola, foi vendido ao Aston Vila por 15 milhões de libras (R$70 milhões) e iniciou bem a temporada 2020-2021 da Premier League, merecendo a convocação para os dois primeiros jogos das eliminatórias e a condição de titular logo na estreia. Douglas Luiz formará o meio-campo com Casemiro, Philippe Coutinho e Everton, do Benfica.

EVERTON RIBEIRO será titular no jogo de hoje (9) com a Bolívia, se Neymar não se recuperar das dores lombares. O atacante do PSG não participou do último treino e será reavaliado pelo médico Rodrigo Lasmar, que só vai liberá-lo se não estiver sentindo mais nada. Dos convocados para os jogos com a Bolívia e o Peru, na próxima terça (13), em Lima, Neymar é o que tem mais jogos (101) e mais gols (61).

A SELEÇÃO BRASILEIRA terá Weverton, Danilo, Tiago Silva, Marquinhos e Renan Lodi; Casemiro, Douglas Luiz, Everton e Philippe Coutinho; Roberto Firmino e Neymar (Everton Ribeiro). Brasil x Bolívia será apitado por Leodan Gonzalez, de 36 anos, da Associação Uruguaia de Futebol.

Foto: CBF