Escolha uma Página

COM UM GOLAÇO DE SEM-PULO de Daniel Muñoz, lateral-direito de 27 anos do londrino Crystal Palace, após bela jogada, aos 16 do 2º tempo, do ponta Luis Diaz, de 27 anos, do Liverpool, com dois dribles desconcertantes no zagueiro estreante Vivian, de 17 anos, do Athletico Bilbao, a Colômbia venceu a Espanha, adversário do Brasil na próxima 3ª feira (26), em Madrid, por 1 x 0, na noite de hoje (22), em amistoso das datas Fifa, no Estádio Olímpico de Londres.

O JOGO MELHOROU MUITO na volta do intervalo, principalmente com a entrada do meia James Rodriguez, que ainda não se acertou no São Paulo. Ele deu outro padrão à seleção colombiana e quase marcou o segundo gol, evitado pelo goleiro Remiro, da Real Sociedad, que substituiu David Raya, do Arsenal, no intervalo. O ponta Arias, titular o jogo inteiro, manteve o nível de rendimento do Fluminense.

ÚNICA SELEÇÃO INVICTA nas eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2026, com três vitórias e três empates, a Colômbia completou 17 jogos sem derrota, com a 12ª vitória e 5 empates, desde que o técnico argentino Nestor Lorenzo, ex-zagueiro de 58 anos, assumiu em junho de 2022. A Colômbia ganhou pela primeira vez da Alemanha (2 x 0), em Gelsenkirchen (26/3/2023); venceu o Brasil por 2 x 1 (16/11/23), e hoje (22), ganhou da Espanha (1 x 0), em Londres.

COLÔMBIA 1 x 0 ESPANHA registrou 43.267 pagantes no Estádio Olímpico de Londres, com predominância de colombianos, cerca de 60 mil, que formam o segundo maior grupo latino-americano da Inglaterra, depois dos brasileiros. O árbitro inglês Michael Oliver marcou 32 faltas (15 da Espanha), mas não usou o cartão amarelo, só uma advertência verbal aos volantes Merino (Espanha) e Castaño. 3ª feira (26), Colômbia x Romênia, no estádio do Atlético de Madrid.

A ESPANHA SOFREU a segunda derrota com o técnico José Luis la Fuente, ex-lateral de 62 anos, que substituiu Luis Enrique Martinez, hoje no PSG, em janeiro de 2023, e só havia perdido para a Escócia. O diário esportivo Marca resumiu no título: “Viernes de dolor para Espanha” (6ª feira de dor para Espanha). Na capa do diário AS, de Madrid: “”Espanha devorada por James e Luis Diaz”.

NA ARENA JOHAN CRUYFF, em Amsterdam, a Holanda goleou a Escócia (4 x 0), em amistoso de preparação para a Eurocopa de junho na Alemanha. O jogo marcou a volta do volante Wijnaldum, de 33 anos, autor do 2º gol, que não jogava na seleção desde julho. 3ª (26), Alemanha x Holanda, no Waldstadion, de Frankfurt.

NO ESTÁDIO ENNIO TARDINI, em Parma, Norte da Itália, o Chile venceu a Albânia, do técnico paulistano Silvinho, ex-lateral do Corinthians, por 3 x 0, gols de Eduardo Vargas (Atlético Mineiro), Alexis Sanchez (Inter de Milão) e Victor Dávila (CSKA Moscou). TIAGO NUNES, ex-Botafogo, é o novo técnico da Universidad Católica do Chile.

NO ESTÁDIO NELSON MANDELA, em Argel, a seleção da Argélia venceu por 3 x 2 o amistoso de hoje (22) com a Bolívia, penúltima entre as dez das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2026. 3ª feira (26), o Chile fará o segundo amistoso do ano das datas Fifa com a França, vice-campeã do mundo, no estádio do Velódromo, em Marselha.

Fotos: Metrópoles, Reprodução / X @SEFutbol e Reprodução TV FIFA