Escolha uma Página

As semifinais do Campeonato Paulista serão no último fim de semana de março com dois grandes clássicos: Palmeiras x São Paulo e Corinthians x Santos. Os dias e horários serão anunciados hoje (28) pela Federação Paulista de Futebol, que já comemora mais um sucesso absoluto do seu campeonato, bem organizado e mais rentável a cada temporada.

NOS PÊNALTIS – Corinthians e Ferroviária voltaram a fazer jogo equilibrado na noite de ontem (27) e repetiram o placar (1 x 1) do jogo de ida na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara. O Corinthians fez 1 x 0, gol de Júnior Urso aos 34 do primeiro tempo e a Ferroviária calou os 34.232 pagantes – R$1.208.153,00 – da noite de ontem na Arena Corinthians. A decisão da vaga nos pênaltis provocou muita tensão nos torcedores do Corinthians.

CASSIO BRILHOU – Na cobrança de Tiago Santos, o goleiro do Corinthians completou 17 defesas de pênaltis e começou garantindo a vaga. Tony perdeu a segunda cobrança do time de Araraquara e Danilo Avelar, lateral do Corinthians, foi o único a não aproveitar. Clayson, Gustavo, Pedrinho e o argentino Mauro Boselli converteram, assegurando o Timão nas semifinais. O Corinthians completou 12 jogos de invencibilidade em 2019, bem abaixo dos 34 jogos sem derrota em 2017.Bom dizer: foi a segunda vez que o Corinthians decidiu um jogo em cobrança de pênalti e nas quatro anteriores só conseguiu ganhar do São Paulo.

CARILLE 134 JOGOS – O técnico Fabio Carille tornou-se o décimo técnico do Corinthians, igual a Vanderlei Luxemburgo, com 134 jogos: 67 vitórias, 41 empates, 26 derrotas. Bem frente à frente dele, Tite – 378 jogos – e Mano Menezes – 248 -, todos abaixo do recordista Osvaldo Brandão, que comandou o time em 435 jogos e obteve, em 37 jogos sem derrota, em 1957, a mais longa série invicta da história do time mais popular do futebol paulista.

PATO VÊ SÃO PAULO VENCER – Na outra semifinal de ontem (27), em Itu, o São Paulo confirmou a classificação com a segunda vitória (1 x 0) sobre o Ituano, após os 2 x 1 do último domingo (24), no Morumbi. O goleiro foi do meia Liziero aos 25 do segundo tempo, em jogo assistido por Alexandre Pato, que está de volta ao clube depois de quatro anos (2014-15), quando marcou 38 gols em 101 jogos. Pato estava desde 2017 no Tianjin Tianhai, da China, com o retrospecto de 36 gols em 60 jogos.


Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians